PUBLICIDADE
Logo do

Athletico Paranaense

Meu time

Embalado, Flu vence 6ª seguida e se aproxima da salvação

15 nov 2009 21h28
| atualizado em 16/11/2009 às 00h00
Publicidade

Diante de um Maracanã lotado em espetáculo de três cores nas arquibancadas, o Fluminense conseguiu manter sua boa fase e renovar as esperanças de se manter na elite do Campeonato Brasileiro em 2010. Com novo gol do artilheiro e capitão Fred, principal responsável pela reação tricolor, o time das Laranjeiras venceu sua sexta partida seguida e se aproxima da salvação na reta final. Neste domingo, a vítima foi o Atlético-PR, que perdeu por 2 a 1 e já se vê ameaçado de ocupar a vaga do adversário desta noite.

» Veja fotos de Fluminense x Atlético-PR
» Ídolo nos anos 80 emociona torcida do Flu
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Comente a vitória do Fluminense

Com mais um gol anotado neste final de semana, o seu décimo no torneio nacional, Fred se consolida como heroi tricolor nas últimas rodadas. Desde que voltou de lesão na virilha direita, o atacante foi às redes dez vezes nos dez últimos jogos e forma ao lado de Conca e Maicon o trio ofensivo que vem brilhando e traçando o caminho para evitar o vexame nas Laranjeiras.

Os outros dois integrantes do trio foram responsáveis pelo segundo gol na noite, em linda jogada do argentino e conclusão da revelação do clube. Com isso, já são seis vitórias incluindo Brasileiro (Atlético-MG, Cruzeiro e Palmeiras) e Sul-Americana (Cerro Porteño em Assunção e Universidad do Chile em Santiago). Agora, passa a somar 39 pontos na mesma 17ª posição, mas apenas dois atrás do rival Botafogo, primeira equipe fora da zona de rebaixamento. Enquanto isso, o Atlético-PR soma quatro a mais, restando apenas três rodadas a serem disputadas.

Com a bola rolando, a esperançosa torcida tricolor demorou apenas 17 minutos para festejar mais um passo de sua incrível reação na luta contra a queda. O trio ofensivo apareceu bem pela primeira vez quando Conca fez lançamento no lado esquerdo do ataque e encontrou Maicon. O jovem atacante passou com facilidade pela marcação e, no fundo, cruzou para Fred entrar de carrinho e anotar mais um gol importante para a salvação do Fluminense.

Já na etapa final, com os mandantes acuados pela pressão inicial dos atleticanos, mais uma vez dois dos principais nomes do elenco apareceram para fazer a diferença e tranquilizar os mais de 52 mil torcedores. Cercado por três marcadores, Conca fez o giro e conseguiu ótimo lançamento pelo alto, deixando Maicon livre para tocar por cima de Galatto e marcar belo gol no Maracanã, que ainda ficou apreensivo nos minutos finais.

Isso porque Alex Mineiro encontrou espaços dentro da área rival e rolou para Marcelo chutar rasteiro e descontar para os paranaenses, que nem assim conseguiram evitar a derrota. A tensão nas arquibancadas aumentou nos minutos finais e até Fred voltou à defesa para afastar os seguidos cruzamentos dos visitantes. No entanto, a festa e a esperança de salvação aumentaram com o apito final, terminando a angústia por momento. Antes de irem para os vestiártios, os jogadores do Fluminense, comandados pelo seu capitão, foram ao centro do gramado agradecer o apoio do torcedor.

FICHA TÉCNICA

Fluminense 2 x 1 Atlético-PR

Gols
Fluminense: Fred, aos 17min do 1º tempo, e Maicon, aos 18min do 2º tempo
Atlético-PR: Marcelo, aos 38min do 2º tempo

Antes do jogo
- Em homenagem programada pela diretoria do Fluminense para ajudar financeiramente Washington, ex-atacante que foi ídolo nos 80, a torcida aguardou ansiosamente a entrada do craque no gramado do Maracanã. Minutos antes do início da partida, o antigo jogador, que sofre com uma rara doença degenerativa conhecida como ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica) e que afeta o sistema motor do organismo, foi saudado pela torcida sentado em uma cadeira de rodas que era empurrada pelo seu filho. Emocionado, Washington ouviu os gritos de "tricampeão" vindo das arquibancadas

Pontos Fortes do Fluminense
- Jogadas de Maicon em velocidade e poder de definição de Fred, como ocorreu no lance do único gol;
- Atuação segura do zagueiro Digão e do goleiro Rafael, que fez, pelo menos, duas importantes defesas no primeiro tempo, em chutes de Nei e Wallyson;
- Movimentação de Conca no meio campo, sendo mais uma vez decisivo nas assistências e nas arrancadas para os contra-ataques

Ponto Forte do Atlético-PR
- Mudança de postura no segundo tempo, quando voltou para o gramado mais ofensivo e com controle maior da partida

Pontos Fracos do Fluminense
- Início apático, com muitos jogadores nervosos com a pressão por vitória e estádio lotado;
- Queda de rendimento na etapa final e nos últimos minutos de jogo, quando sofreu o gol e foi presisonado até o término da partida

Pontos Fracos do Atlético-PR
- Excesso de passes errados no meio campo, frustrando a maioria das jogadas ofensivas;
- Falhas de posicionamento da defesa e dificuldades para segurar o trio ofensivo do Fluminense

Personagem do jogo
Fred

Esquema Tático do Fluminense
3-5-2
Rafael; Gum, Digão e Dalton; Mariano, Diogo, Diguinho (Maurício), Darío Conca e Dieguinho (Marquinhos); Maicon (Tartá) e Fred; técnico: Cuca

Esquema Tático do Atlético-PR
4-4-2
Galatto; Manoel, Everton (Alex Mineiro), Rhodolfo e Nei; Valencia, Rafael Miranda (Renan) (Marcelo), Paulo Baier e Alex Sandro; Wallyson e Wesley; técnico: Antônio Lopes

Cartões Amarelos
Fluminense: Diguinho, Digão e Gum
Atlético-PR: Rhodolfo e Manoel

Árbitro
Salvio Spinola Fagundes Filho (Fifa-SP)

Público
52.511 pagantes

Local
Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)






Fonte: Terra
Publicidade