PUBLICIDADE
Logo do

Botafogo

Meu time

Fla marca no final e arranca empate do Botafogo

19 jul 2009 20h27
| atualizado em 20/7/2009 às 10h24
Publicidade

Vestindo a camisa 10 em vez da 9, Adriano marcou mais um gol para o Flamengo desde a sua volta ao futebol nacional, mas não foi ele quem decidiu o clássico deste domingo, contra o Botafogo. Com um gol de Émerson, marcado aos 43min do segundo tempo, o time rubro-negro arrancou um empate por 2 a 2 contra o rival alvinegro, no Maracanã, depois de ficar por duas vezes em desvantagem no placar do confronto carioca.

» Fotos de Flamengo x Botafogo
» Veja fotos de famosos no Maracanã
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Comente o empate no clássico

Com o resultado, o Flamengo saltou aos 16 pontos ganhos, mas ficou distante de ocupar a zona de classificação para a Libertadores do ano que vem. Já o Botafogo foi a 11 e segue na zona de rebaixamento à Série B, mas com um jogo a menos que o Sport, seu principal adversário neste momento.

Em um primeiro tempo equilibrado, o Botafogo apostou nas bolas paradas para atacar o Flamengo e foi em uma dessas jogadas que o time alvinegro abriu o placar do jogo. Aos 34min, Juninho cobrou falta rasteira, Bruno deu rebote e Alessandro, impedido, completou.

A alegria botafoguense, porém, durou pouco. Nos minutos restantes do primeiro tempo, Adriano empatou o jogo aos 40min, de cabeça, e quase virou o marcador aos 45min, e com um golaço: o camisa 10 deu um chapéu em Alessandro na grande área, mas bateu para fora.

O segundo tempo foi uma cópia do primeiro, e com um gol para cada lado. O Botafogo fez o segundo com Renato, aos 26min, após cobrança de escanteio, e o Flamengo cravou o 2 a 2 com Émerson, aos 43min, depois de se livrar de dois marcadores e chutar firme.

Na próxima quarta-feira, o Flamengo volta ao gramado do Maracanã para medir forças com o Barueri, às 19h30 (de Brasília), na abertura da 12ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Já o Botafogo pega o Náutico no mesmo dia, só que às 21h50, nos Aflitos.

Ficha técnica:

Gols
Flamengo: Adriano, aos 40min do 1º tempo, e Émerson, aos 43min do 2º tempo
Botafogo: Alessandro, aos 34min do 1º tempo, e Renato, aos 26min do 2º tempo

Polêmicas
- Tanto o técnico do Botafogo, Ney Franco, quanto o comandante do Flamengo, Cuca, deixaram o gramado reclamando bastante da atuação da arbitragem. O primeiro reclamou de falta no segundo gol rival, enquanto o segundo se queixou do tempo de acréscimo dado pelo juiz

Deslizes da arbitragem
- No primeiro gol do jogo, o botafoguense Alessandro estava impedido no momento em que o zagueiro Juninho cobrou a falta em direção ao gol do Flamengo. Bruno rebateu o chute e o lateral alvinegro aproveitou o rebote

Ponto Forte do Flamengo
Presença de Adriano, que incomodou bastante o rival

Ponto Forte do Botafogo
Jogadas de bola parada, especialmente com Juninho

Ponto Fraco do Flamengo
Atuação apagada de Léo Moura, um dos principais nomes do time

Ponto Fraco do Botafogo
Falta de pontaria dos atacantes Victor Simões e André Lima

Personagem do jogo
Émerson, que deixou tudo igual no final do jogo

Destaque negativo do jogo
Excesso de cartões amarelos aplicados no segundo tempo

Esquema Tático Flamengo
3-5-2
Bruno; Welinton (Camacho), Fabrício e Ronaldo Angelim; Léo Moura, Airton (Maxi), Kléberson, Zé Roberto (Fierro) e Everton; Émerson e Adriano. Técnico: Cuca

Esquema Tático Botafogo
3-5-2
Castillo; Émerson (Renato) (Reinaldo), Juninho e Eduardo; Alessandro, Leandro Guerreiro, Thiaguinho (Wellington), Lúcio Flávio e Batista; Victor Simões e André Lima. Técnico: Ney Franco

Cartões Amarelos
Flamengo: Welinton, Fabrício, Kléberson e Everton
Botafogo: Castillo, Thiaguinho e Victor Simões

Cartões Vermelhos
Flamengo:
Botafogo: Alessandro

Árbitro
Pericles Bassols Pegado Cortez (RJ)

Público
32.153 torcedores




Fonte: Terra
Publicidade