PUBLICIDADE
Logo do

Atlético-MG

Meu time

Fluminense ganha sobrevida e deixa Atlético-MG longe da liderança

29 out 2009 22h57
| atualizado em 30/10/2009 às 01h43
Publicidade

Na noite desta quinta-feira, duas equipes em situação oposta se encontraram no Maracanã. O Fluminense, dono da casa, jogava contra o desespero do iminente rebaixamento. O Atlético-MG jogava pela liderança do Campeonato Brasileiro. O desespero venceu e o Fluminense ganhou por 2 a 1, com gols de Conca e Fred; Tardelli descontou para o Atlético-MG.

» Veja fotos da partida
» Problemas no estádio? Mande seu relato
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Comente o resultado do jogo

O jogo foi muito ruim no primeiro tempo. O Fluminense atacava um pouco mais, mas de maneira desorganizada e sem riscos reais ao gol do adversário. O Atlético-MG, por sua vez, apático, não demonstrava a menor vontade de querer vencer o lanterna da competição.

Mesmo sem conseguir criar lances de perigo, a equipe carioca chegou ao gol aos 33min, em cobrança de pênalti de Fred. Jorge Luiz impediu cruzamento e com o braço e o árbitro anotou a penalidade. Com direito a três paradinhas, Fred bateu no canto esquerdo do goleiro Carini e abriu o placar.

O gol não mudou o comportamento dos mineiros, que seguiram com um jogo pouco objetivo até o final do primeiro tempo, levando uma derrota parcial para os vestiários.

Na segunda etapa, a chuva desabou no Maracanã e parece que renovou os ânimos dos jogadores em campo. No primeiro ataque do Fluminense, Após arremesso lateral, González dominou e tocou para Conca na área. Jorge Luiz falhou na marcação e o argentino ampliou a vantagem para os cariocas.

O Atlético-MG então finalmente entrou no jogo e partiu para cima do Fluminense. Aos 8min, Ricardinho bateu escanteio e Rafael socou errado para trás. Diego Tardelli aproveitou e completou de cabeça para o fundo das redes, diminuindo para os mineiros. O atacante se isolou na artilharia do Brasileiro, com 17 gols marcados.

Porém, a equipe de Belo Horizonte não foi capaz de imprimir um ritmo de pressão no adversário e pouco conseguiu realizar depois de descontar no placar.

O Fluminense, por sua vez, ainda teve duas boas chance de ampliar, mais uma vez com Fred. Aos 28min, Mariano cruzou na medida na pequena área, Fred cabeceou para o chão e Carini fez grande defesa com os pés. Aos 31min, o atacante acertou chute violento e Carini salvou o Atlético-MG com mais uma grande defesa.

Para piorar a situação do Atlética-MG, o zagueiro Jorge Luiz foi expulso aos 36min, depois de cometer falta em Roni, que impediu um perigoso contra-ataque do Fluminense.

Aos 43min, o Atlético perdeu a última chance de empatar o jogo. Após levantamento na área e bate-rebate, a bola sobrou para Éder Luís, livre, pegar errado na bola e mandar para longe do gol, garantindo a vitória carioca.

Com a vitória, o Fluminense conquista três pontos importantes em sua luta para fugir do rebaixamento. No entanto, ainda segura a lanterna da competição, com 30 pontos. Já o Atlético-MG se distancia do líder palmeiras ao estacionar nos 53 pontos, na 3º colocação na tabela.

Ficha técnica:

Fluminense 2 x 1 Atlético-MG

Gols
Fluminense: Fred, aos 33min do 1º tempo e Conca a 1min do 2º tempo
Atlético-MG: Diego Tardelli, aos 8min do 2º tempo

Ponto Forte do Fluminense
Fred, que apareceu bastante no jogo e levou perigo, além de marcar gol de pênalti

Ponto Forte do Atlético-MG
Carini, que fez importantes defesas e evitou uma derrota maior

Ponto Fraco do Fluminense
Recuou demais depois de sofrer o gol

Ponto Fraco do Atlético-MG
Não usou a principal arma do time, a velocidade do setor ofensivo

Personagem do jogo
Fred, que abriu a vantagem quando o jogo estava muito morno

Esquema Tático Fluminense
4-4-2
Rafael, Mariano, Gum, Dalton e Dieguinho; Diogo, Diguinho, Equi González (Tartá) e Darío Conca; Maicon (Roni) e Fred (Urrutia). Técnico: Cuca

Esquema Tático Atlético-MG
4-4-2
Carini; Carlos Alberto, Werley, Jorge Luís e Thiago Feltri; Jonílson, Márcio Araújo (Marques), Correa e Ricardinho (Evandro); Diego Tardelli (Benitez) e Éder Luís. Técnico: Celso Rot

Cartões Amarelos
Fluminense: Dieguinho, Dalton, Conca e Rafael
Atlético-MG: Jonilson, Jorge Luiz, Diego Tardelli, Carlos Alberto, Correa e Werley

Cartões Vermelhos
Atlético-MG: Jorge Luiz

Árbitro
André Luiz Castro (GO)

Local
Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)



Fonte: Terra
Publicidade