PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Garotos decidem e Santos afunda Fluminense na Vila

30 ago 2009 17h54
| atualizado às 19h43
Publicidade

O faro de artilheiro de Kléber Pereira não fez falta ao Santos neste domingo. O time de Vanderlei Luxemburgo contou com os garotos André, substituto de Kléber, e Paulo Henrique para garantir a vitória por 2 a 0 sobre o Fluminense, na Vila Belmiro. Aos 18 anos, André fez seu primeiro gol como profissional. Já Paulo Henrique, titular incontestável, mostrou novamente porque tem a confiança do técnico Vanderlei Luxemburgo.

» Veja fotos de Santos x Fluminense
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Comente os resultados da rodada

O Santos chega aos 32 pontos e volta a se aproximar do grupo dos quatro primeiros. Já o Fluminense, com 16, segue na última posição e cada vez mais longe de fugir do rebaixamento. São apenas três vitórias em 22 jogos.

Com um ritmo de jogo bem acelerado, o Santos sufocou o Fluminense nos primeiros minutos e deu a impressão de que iria construir uma goleada com facilidade. Já no ataque inicial da partida, Madson lançou André na pequena área e viu o atacante chutar de forma prensada com a zaga.

O goleiro Rafael teve de trabalhar muito para evitar o pior para o Flu. Aos 4min, ele fez linda defesa em cabeçada de Domingos. Aos 8, foi a vez de Madson cruzar rasteiro - mais uma vez - para André. O novato chutou à queima-roupa e Rafael mostrou reflexo apurado ao defender.

O time de Renato Gaúcho produziu muito pouco no setor ofensivo. O argentino Conca, "ilha" de técnica no meio-campo do Fluminense, foi muito bem vigiado pela dupla Emerson/Germano. Cansado, Emerson sairia no intervalo para a entrada do estreante Alan Bahia - jovem valor vindo do Vitória, que sentiu o nervosismo e acabou saindo na metade do segundo tempo.

Com poucas preocupações defensivas, o Santos continuou na pressão e levou perigo em bolas paradas. Numa delas, aos 44min do primeiro tempo, o time de Vanderlei Luxemburgo fez o gol. George Lucas cruzou na cabeça de André, que, sozinho, finalizou no canto direito de Rafael e comemorou pela primeira vez um gol como profissional.

Bastante aplaudido, André deixou o campo aos 25min do segundo tempo, substituído por Neymar, outra prata da casa. Renato Gaúcho tentou fazer mudanças, lançando Maicon no ataque. No entanto, o Fluminense criou poucas chances - e quando criou, teve erros de finalizações com Kieza.

O Santos não chegou a ser ameaçado, mas a vantagem mínima preocupava. Aos 29min, a torcida ficou mais tranquila. Após outra cobrança de falta de George Lucas, Paulo Henrique subiu sozinho na área e cabeceou no canto esquerdo de Rafael, fechando o placar e garantindo a festa na Vila Belmiro.

Ficha técnica:

Gols
Santos: André, aos 44min do 1º tempo; Paulo Henrique Lima, aos 29min do 2º tempo
Fluminense: -

Lance polêmico
Fluminense reclama da falta que originou o primeiro gol do Santos. Ela surgiu graças a uma reclamação de Luiz Alberto de uma outra falta, marcada incorretamente pelo árbitro

Ponto Forte do Santos
Bolas aéreas com cruzamentos de George Lucas, que mostrou estar com o pé calibrado

Ponto Forte do Fluminense
O goleiro Rafael, que fez belas defesas

Ponto Fraco do Santos
Sistema de marcação no meio-campo. Flu levou algum perigo

Ponto Fraco do Fluminense
Ineficiência do ataque e má atuação de Conca

Personagem do jogo
George Lucas, que deu a assistência nos dois gols santistas

Esquema Tático do Santos
4-5-1
Felipe, George Lucas, Domingos, Eli Sabiá e Léo; Emerson (Alan Bahia, depois Pará), Germano, Rodrigo Souto, Paulo Henrique Lima e Madson; André (Neymar).
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Esquema Tático do Fluminense
4-4-2
Rafael, Ruy, Gum, Luiz Alberto e João Paulo (Maicon); Fabinho, Diguinho (Marquinho), Diogo (Raphael Augusto) e Conca; Kieza e Roni.
Técnico: Renato Gaúcho

Cartões Amarelos
Santos: Emerson, Madson, Alan Bahia, Rodrigo Souto
Fluminense: Luiz Alberto, Ruy, Diguinho

Árbitro
Evandro Rogério Roman (PR)





Fonte: Terra
Publicidade