PUBLICIDADE
Logo do

Vitória

Meu time

Goiás bate Vitória com mais um gol no fim e é vice-líder

16 ago 2009 17h57
| atualizado às 20h20
Publicidade

O torcedor goiano mais uma vez foi obrigado a ficar até o fim do jogo para comemorar uma vitória do Goiás neste Campeonato Brasileiro. Assim como nas últimas duas vitórias que conquistou, o gol do triunfo sobre o Vitória saiu quando o jogo já se aproximava do fim. Júlio César aos 44min do segundo tempo fez de cabeça e decretou a vitória por 3 a 2.

» Fotos de Goiás x Vitória
» Problemas no estádio? Mande seu relato
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Comente o resultado do jogo

Marcar gol no fim não é bem uma novidade para o Goiás. Esse "recurso" foi usado para evitar derrotas contra o Santos e Barueri além de garantir três pontos sobre Palmeiras, Santo André e Flamengo.

Por pouco o Goiás não saiu com o amargo gosto de ter cedido um empate depois de estar vencendo por 2 a 0. Apesar de ter começado bem e ter construído uma boa vantagem, o Goiás bobeou no fim do primeiro tempo, jogou com um a menos durante toda a segunda etapa e viu o Vitória chegar ao empate no segundo tempo. Mas no finzinho, conseguiu a décima vitória no Brasileiro e a vice-liderança graças ao tropeço do Atlético-MG para o Corinthians.

O Vitória, por outro lado, não conseguiu impedir que sua série negativa aumentasse. Mesmo com Vágner Mancini de volta ao comando, o time baiano apresentou uma melhora em campo, mas sucumbiu no final. Com mais um revés, o Vitória caiu uma posição e agora é o 11º colocado podendo ainda ser ultrapassado caso o Santos vença o Cruzeiro logo mais.

O Goiás dominou o primeiro tempo. Iarley, único atacante escalado por Hélio dos Anjos, fez um bom primeiro tempo e abriu espaço para que seus companheiros conseguissem uma boa vantagem no jogo.

Aos 26min do primeiro tempo, depois de uma grande troca de passes no ataque, Léo Lima lançou Felipe Menezes em profundidade, que tocou na saída de Gléguer.

O segundo gol goiano veio aos 31min, em nova boa trama do ataque goiano, com muitas trocas de passes próximas à grande área, Iarley fez boa jogada, enganou Apodi e rolou para Fernando, livre, bater para o gol.

Apesar da boa vantagem o Goiás cochilou na última parte do primeiro tempo. Primeiro levou um bonito gol de Leandro Domingues. Aos 33min ele tabelou com Roger e na saída de Harlei encobriu o goleiro. E minutos antes do fim do jogo, Ramalho recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso pelo árbitro.

Com a expulsão e a animação do Vitória nos minutos finais do jogo, Hélio dos Anjos se viu obrigado a mudar a equipe, sacando o meia Felipe Menezes e substituindo-o pelo zagueiro Gomes.

A tática não adiantou muito. Vágner Mancini, em seu primeiro jogo no comando do Vitória, deixou o time mais ofensivo com a entrada do atacante Neto Berola no lugar do volante Willian. E foi dele o gol de empate. Aos 15min do segundo tempo ele arriscou um chute de fora da área e viu a bola bater na trave antes de entrar no gol de Harlei

Tudo se encaminhava para um empate nada bom para o Goiás, quando o lateral esquerdo Júlio César entrou no meio da área e escorou de cabeça o cruzamento do lateral Vitor.

FICHA TÉCNICA

Goiás 3 x 2 Vitória

Gols
Goiás: Felipe Menezes, aos 26min do primeiro tempo, Fernando, aos 31min do primeiro tempo e Júlio César, aos 44min do segundo tempo
Vitória: Leandro Domingues, aos 33min do primeiro tempo e Neto Berola, aos 15min do segundo tempo

Ponto Forte do Goiás
As boas trocas de passes do ataque, Iarley abrindo espaço para seus companheiros e Harlei fazendo defesas importantes

Ponto Forte do Vitória
Substituições de Vagner Mancini deram certo e o Vitória chegou até a empatar a partida

Ponto Fraco do Goiás
Ramalho prejudicou a equipe ao ser expulso no fim do primeiro tempo

Ponto Fraco do Vitória
Roger, lento, perdeu gols feitos

Personagem do jogo
Júlio César que aos 44min do segundo tempo fez o gol da vitória do Goiás

Esquema Tático do Goiás
3-6-1
Harley, Valmir Lucas, Ernando e Leandro Euzébio; Vitor, Fernando (Felipe); Ramalho, Felipe Menezes (Gomes), Léo Lima (Douglas) e Júlio César; Iarley. Técnico: Hálio dos Anjos

Esquema Tático do Vitória
4-4-2
Gléguer, Apodi, Wallace, Anderson Martins e Leandro; Magal, Gil (Carlos Alberto), Willian (Neto Berola), Leandro Domingues; Roger (Leandrão) e Jackson. Técnico: Vagner Mancini

Cartões Amarelos
Goiás: Iarley
Vitória: Wallace, Anderson Martins, Magal, Neto Berola

Cartão Vermelho
Goiás: Ramalho
Vitória: Leandro Domingues

Árbitro
Luiz Flávio de Oliveira

Local
Serra Dourada, em Goiânia





Iarley foi um dos destaques da décima vitória do Goiás
Iarley foi um dos destaques da décima vitória do Goiás
Foto: Carlos Costa / Futura Press
Fonte: Terra
Publicidade