PUBLICIDADE
Logo do

Vitória

Meu time

Grêmio decepciona no Sul e sofre para empatar com Vitória

5 set 2009 20h29
| atualizado às 22h26
Publicidade

Em dia das estreias do lateral Lúcio e do volante Fábio Rochemback, o Grêmio decepcionou seu torcedor na noite deste sábado e por pouco não conheceu a primeira derrota após 12 partidas disputadas no Olímpico, em Porto Alegre. Diante do Vitória, o time tricolor, dono de um retropecto arrasador como mandante neste Campeonato Brasileiro, só marcou nos últimos minutos e garantiu o empate por 1 a 1, em jogo da 23ª rodada do torneio nacional.

» Fotos de Grêmio x Vitória
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Comente o empate em Porto Alegre

Com a invencibilidade de quase um ano salva nos instantes finais, o Grêmio acumula agora nove vitórias e três empates em seus domínios. A última vez em que não venceu diante de seu torcedor ocorreu no dia 20 de junho, quando ficou no 2 a 2 com o Goiás. Assim, alcança 33 pontos e pula para a oitava posição. Já o Vitória aparece em 11º, com três a menos.

Com a bola rolando, o Vitória abriu o placar aos 40min do primeiro tempo com o atacante Neto Berola, que tem sido destaque da equipe baiana nas últimas rodadas. O jogador aproveitou bobeada da zaga tricolor após chutão para a frente e tocou na saída de Marcelo Grohe. Imediatamente após o gol, a torcida pediu o nome de Tcheco no Olímpico.

No retorno do intervalo, os donos da casa partiram para cima. Em duas mexidas simultâneas, aos 10min da segunda etapa, Tcheco substituiu Douglas Costa, e o atacante argentino Herrera entrou no lugar do colombiano Perea. Na base da vontade e do apoio do torcedor, o Grêmio continuou se impondo diante do Vitória, mas sem muita qualidade ofensiva.

Aos 22min, a situação melhorou para os mandantes. Magal cometeu falta em Adilson, recebeu o segundo cartão amarelo e deixou o Vitória com um jogador a menos em campo. Um minuto depois, Viáfara salvou sua equipe com uma providencial intervenção em cruzamento do meio-campista Souza. Contudo, o Grêmio não esmoreceu. Aos 41min, o atacante Jonas recebeu cruzamento de Tcheco e, de primeira, marcou um belo gol para arrancar o empate e manter a invencibilidade de um ano em casa.

FICHA TÉCNICA

Grêmio 1 x 1 Vitória

Gols
Grêmio: Jonas, aos 41min do 2º tempo
Vitória: Neto Berola, aos 40min do 1º tempo

Esquema Tático do Grêmio
4-4-2
Marcelo Grohe; Túlio (Joílson), Mário Fernandes, Réver e Lúcio; Adilson, Fábio Rochemback, Douglas Costa (Tcheco) e Souza; Jonas e Perea (Herrera); técnico: Paulo Autuori

Esquema Tático do Vitória
4-4-2
Gléguer; Apodí, Fábio Ferreira, Wallace e Robson; Vanderson, Magal, Uelliton e Leandro Domingues (Marco Aurélio); Neto Berola (Jackson) e Roger (Carlos Alberto); técnico: Vagner Mancini

Cartões Amarelos
Grêmio: Lúcio e Joílson
Vitória: Magal, Uelliton, Robson e Wallace

Cartões Vermelhos
Vitória: Magal

Árbitro
Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Local
Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)



Fonte: Terra
Publicidade