PUBLICIDADE
Logo do

Atlético-MG

Meu time

Líder, Atlético-MG bate São Paulo com gol relâmpago

16 jul 2009 22h50
| atualizado em 17/7/2009 às 00h34
Publicidade

Felicidade não tem fim para o Atlético-MG. Um dia depois de ver o rival Cruzeiro perder a final da Copa Libertadores para o Estudiantes em pleno Mineirão, os atleticanos venceram o São Paulo por 2 a 0 no mesmo palco. Nas arquibancadas, 54.214 torcedores viram o time da casa voltar à liderança da Série A, com 24 pontos. O São Paulo terminou a 11ª rodada na 15ª colocação, com 11 pontos.

» Veja fotos da partida
» ESPN: Assista ao vídeo
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Comente o resultado no Mineirão

A partida mal havia começado e o placar já estava favorável aos mineiros. Diego Tardelli aproveitou falha de Miranda no primeiro minuto de jogo, saiu na cara de Denis e chutou forte para fazer o primeiro gol do jogo, o gol mais rápido do Campeonato Brasileiro de 2009. Nos minutos seguintes se viu a mesma jogada: o São Paulo tinha dificuldades de sair do campo de defesa e errava muito, enquanto o Atlético-MG apertava e tocava bons passes.

O primeiro lance de perigo do time paulista saiu aos 34min, quando Junior César cruzou pela ponta esquerda e, após desvio da defesa atleticana, Aranha defendeu e tocou para a linha de fundo. O São Paulo esboçou jogadas de ataque nos minutos restantes, mas pecou na imprecisão dos passes e das finalizações.

O time paulista voltou animado do intervalo, marcando a saída de bola do Atlético-MG. Quem levou mais perigo ao gol adversário, porém, foi a equipe da casa, que aproveitou um contra-ataque que deixou Diego Tardelli na cara do gol, mas o atacante finalizou fraco e Denis defendeu. O São Paulo continuou a deixar espaços na sua defesa e, aos 7min, Serginho entrou livre na área e finalizou na saída de Denis para fazer o segundo gol.

A equipe visitante continuou tentando abrir espaços na defesa atleticana, mas seguia errando passes. Enquanto isso, o time da casa esperava no meio de campo e apostava nos contra-ataques. Os únicos lances de perigo do São Paulo eram os chutes de longe, especialmente com Hernanes. Satisfeito, o Atlético-MG via as jogadas do time visitante terminarem em chutões e ligações diretas. Coube ao time de Celso Roth esperar e ver o relógio andar.

Ficha Técnica

Gols
Atlético-MG: Diego Tardelli, no 1ºmin do 1º tempo, e Serginho, aos 7min do segundo tempo.

Lance bizarro
Aos 22min do segundo tempo, Richarlyson recebeu passe na intermediária, mas tropeçou e furou a bola.

Lance polêmico
Borges entrou duro em Welton Felipe aos 23min do segundo tempo, mas o juiz mandou o jogo seguir.

Pontos Fortes do Atlético-MG
Velocidade e precisão nas trocas de passes

Marcação na saída de bola

Ponto Fraco do Atlético-MG
Erros de finalização

Ponto Forte do São Paulo
Não houve

Pontos Fracos do São Paulo
Dificuldade na saída de bola da defesa ao meio de campo

Espaços na marcação do meio de campo deixaram o trabalho do Atlético-MG mais fácil

Erros de passe

Personagem do jogo
Diego Tardelli, que marcou o primeiro gol, criou várias jogadas, defendeu e percorreu o campo inteiro.

Esquema Tático Atlético-MG
3-5-2
Aranha; Werley, Welton Felipe e Alex Bruno; Carlos Alberto, Jonílson, Serginho (Marcos Rocha), Júnior (Evandro) e Thiago Feltri; Éder Luís (Alessandro) e Diego Tardelli; Técnico: Celso Roth

Esquema Tático São Paulo
4-4-2
Denis; Zé Luís (Richarlyson), Jean Rolt, Miranda e Junior César; Eduardo Costa, Jean, Hugo (Hernanes) e Jorge Wagner (Oscar); Dagoberto e Borges; Técnico: Ricardo Gomes

Cartões Amarelos
Atlético-MG: Diego Tardelli
São Paulo: Zé Luís, Jorge Wagner e Borges

Árbitro
Leonardo Gaciba da Silva (RS)

Fonte: Terra
Publicidade