PUBLICIDADE
Logo do

Náutico

Meu time

Náutico bate Barueri e ganha força contra o rebaixamento

24 out 2009 20h22
| atualizado às 21h25
Publicidade

Na luta para não ser rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro, o Náutico teve um duro confronto diante do Barueri, neste sábado, nos Aflitos, mas no final celebrou o triunfo por 2 a 1 sobre o time paulista. Com o resultado, os pernambucanos ganharam força na luta contra a queda para a segunda divisão, apesar de a equipe alvirrubra ainda ocupar um lugar na zona de risco.

» Fotos de Náutico x Barueri
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Comente a vitória do Náutico

O triunfo deixou o Náutico com 32 pontos, ao lado de Botafogo e Santo André - os cariocas estão em 18º (com um jogo a menos), os pernambucanos em 17º e os paulistas em 16º, fora da zona de risco nos critérios de desempate. Já o Barueri, com 41, respira um pouco mais aliviado.

Forte em casa, tendo em vista a recente vitória por 3 a 0 sobre o líder Palmeiras, o Náutico foi para cima do Barueri e abriu o placar aos 26min do primeiro tempo, com Bruno Mineiro, de cabeça, aproveitando assistência de Asprilla.

O Barueri empatou o jogo aos 2min do segundo tempo, com Márcio Careca, e deu a impressão de que iria surpreender o Náutico, mas os donos da casa fizeram o segundo com Patrick, aos 26min, e voltaram a liderar o placar. Carlinhos Bala ainda desperdiçou um pênalti para a equipe alvirrubra, aos 39min.

Na próxima quarta-feira, o Náutico terá um duelo direto contra o Botafogo, às 19h30, no Engenhão. Já o Barueri medirá forças com o Flamnego no mesmo dia, às 21h50, na Arena Barueri.

Ficha técnica:

Gols
Náutico: Bruno Mineiro, aos 26min do 1º tempo, e Patrick, aos 26min do 2º tempo
Barueri: Márcio Careca, aos 2min do 2º tempo

Polêmicas
- Thiago Humberto e Juliano se desentenderam faltando poucos segundos para o fim do jogo e, depois da confusão, o técnico encerrou o jogo. Na sequência, jogadores de Náutico e Barueri trocaram empurrões e precisaram ser apartados por quem estava de fora do tumulto

Ponto Forte do Náutico
Atuação de Bruno Mineiro e jogadas em velocidade no ataque

Ponto Forte do Barueri
Reação no segundo tempo e jogadas criadas por Thiago Humberto

Ponto Fraco do Náutico
Excesso de impedimentos, principalmente com Carlinhos Bala

Ponto Fraco do Barueri
Espaço dado aos homens de meio de campo do Náutico

Personagem do jogo
Patrick, autor do gol salvador do Náutico e que ainda sofreu um pênalti desperdiçado por Carlinhos Bala

Destaque negativo do jogo
Confusão entre os jogadores no final do jogo

Esquema Tático Náutico
3-5-2
Gledson; Márcio, Fernando e Asprilla (Juliano); Patrick, Derley (Nilson), Ailton (Negretti), Irênio e Anderson Santana; Carlinhos Bala e Bruno Mineiro. Técnico: Geninho

Esquema Tático Barueri
3-5-2
Renê; Ralf, André Luis e Daniel Marques; Eder, Ewerton, João Vítor (Henrique Dias), Thiago Humberto e Márcio Careca; Fernandinho (Basílio) e Val Baiano (Otacílio Neto). Técnico: Diego Cerri

Cartões Amarelos
Náutico: Juliano, Ailton e Bruno Mineiro
Barueri: Ralf, Daniel Marques e Basílio

Árbitro
Leandro Pedro Vuaden (RS)



Bruno Mineiro abriu o placar para o Náutico
Bruno Mineiro abriu o placar para o Náutico
Foto: Antonio Carneiro / Futura Press
Fonte: Terra
Publicidade