4 eventos ao vivo

Palmeiras busca vitória inédita contra a Chapecoense para não despencar

3 ago 2016
20h03
atualizado em 4/8/2016 às 07h23
  • separator
  • 0
  • comentários

Após perder duas partidas consecutivas e deixar a liderança do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras tentará afastar o risco de despencar na tabela com uma vitória inédita diante da Chapecoense, às 21h30 (de Brasília) desta quinta-feira, na Arena Condá. O Verdão, que nunca triunfou no estádio catarinense, poderá até deixar o G4 da competição se não conquistar os três pontos nesta 18ª rodada.

O time comandado por Cuca começou a perder após o goleiro Fernando Prass e o atacante Gabriel Jesus terem se juntado à Seleção Brasileira olímpica. Nas duas partidas disputadas sem a dupla, o Palmeiras foi derrotado por 1 a 0 pelo Atlético-MG, no Palestra Itália, e perdeu por 3 a 1 para o Botafogo, na Ilha do Governador (RJ). Com 32 pontos, o Verdão foi ultrapassado por Corinthians e Santos e caiu para a terceira posição - o Timão é o novo líder.

Os tropeços também aproximaram Grêmio, Flamengo e Atlético-MG do Palmeiras. Só o Galo não tem chances matemáticas de ultrapassar a equipe alviverde nesta rodada.

O tabu contra a Chapecoense também assusta. O Palmeiras foi derrotado nas três vezes em que atuou na Arena Condá, sendo que o último revés foi uma goleada por 5 a 1 sofrida no Brasileiro do ano passado.

O time que Cuca levará a campo é uma incógnita. O treinador tratou de fechar o último treino antes da partida e não deu detalhes sobre os 11 titulares. As únicas certezas são os desfalques para o técnico. Prass fraturou o cotovelo direito na Seleção e não joga mais neste ano. Gabriel Jesus, vendido ao Manchester City, só volta ao Palmeiras após as Olimpíadas. Os zagueiros Yerry Mina, lesionado, e Edu Dracena, suspenso, e o atacante Alecsandro, suspenso por doping, completam as baixas.

Para a zaga, Cuca escalará Thiago Martins no lugar de Dracena. O meio-campista Tchê Tchê também retornará ao time após cumprir suspensão, mas não sabe se substituirá o volante Thiago Santos ou o armador Cleiton Xavier - a tendência é que o camisa 10 perca a vaga. O atacante Dudu, que iniciou o jogo com o Botafogo no banco, também deve voltar ao ataque diante da Chapecoense.

Do outro lado, o técnico Caio Júnior terá a chance de repetir pela primeira vez o time titular da Chapecoense. A equipe complicou a vida do São Paulo no último domingo e por pouco não saiu do Morumbi com uma vitória, sofrendo o empate por 2 a 2 nos minutos finais do confronto. A tendência é que o treinador não pratique grandes alterações entre os titulares.

"Todo mundo quer jogar em grandes estádios e contra grandes times. A Chape sempre está enfrentando os grandes de igual para igual e, às vezes, faz placares elásticos. Ali dentro são 11 contra 11 e a Chape vem provando isso ano a ano", disse o zagueiro Filipe Machado, ao recordar a goleada aplicada no Palmeiras na última temporada.

Com 23 pontos, a Chapecoense está na 11ª posição e não se encontra nem perto da briga pelo topo da tabela e nem próxima da zona do rebaixamento. "Estamos numa crescente. Precisamos voltar a vencer para dar um salto na tabela. Isso será importante", afirmou Machado.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE X PALMEIRAS

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)

Data: 04 de agosto de 2016, quinta-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO)

Auxiliares: Bruno Raphael Pires (FIFA-GO) e Fabiano da Silva Ramires (ES)

CHAPECOENSE: Danilo; Gimenez, Thiego, Filipe Machado e Dener; Gil, Josimar, Cleber Santana e Hyoran; Martinuccio e Kempes

Técnico: Caio Júnior

PALMEIRAS: Vagner; Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos, Tchê Tchê e Moisés; Róger Guedes, Dudu e Erik

Técnico: Cuca

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade