PUBLICIDADE

Palmeiras empata 3ª seguida e vê liderança ameaçada

15 ago 2009 20h24
| atualizado às 23h11
Publicidade

Na ponta do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras empatou pela terceira vez seguida na competição diante do Botafogo, neste sábado, por 1 a 1. Diante de um bom público no Palestra Itália, o time paulista saiu atrás no placar e buscou a igualdade, mas a reação não foi suficiente para a equipe, que já vê sua condição de líder ser ameaçada por Inter e Atlético-MG.

» Fotos de Palmeiras x Botafogo
» Problemas no estádio? Mande seu relato
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Problemas no estádio? Mande seu relato
» Comente o empate no Palestra

Com o empate, o Palmeiras foi a 37 pontos e só não pôde comemorar o título simbólico de campeão do primeiro turno porque o Inter tem mais dois jogos a fazer e o Atlético-MG um - os gaúchos podem ir a 39 e os mineiros a 38. Já o Botafogo passou a somar 20 e segue ameaçado pela zona de risco.

Empurrado por sua torcida, o Palmeiras enfrentou no início de primeiro tempo um Botafogo fechado na defesa e disposto a surpreender em contra-ataques e lances de bola parada. E foi desta forma que o time carioca abriu o placar: aos 23min, Lucio Flavio levantou na área e André Lima aproveitou: 1 a 0.

O Palmeiras, porém, não se abalou com o gol sofrido e manteve a pressão sob o Botafogo. Desta forma, a equipe da casa repetiu a estratégia que deu certo para o rival e empatou o confronto aos 32min, quando Cleiton Xavier cobrou falta em direção a área, Danilo se antecipou ao goleiro e marcou.

Veio o segundo tempo e, para surpresa da torcida local, foi o Botafogo quem pressionou no início da etapa. O time carioca teve boas chances para marcar, com André Lima e Fahel, mas não obteve sucesso e, logo depois disso, ainda passou a ser pressionado pelos atacantes do Palmeiras.

Melhor na partida, o Palmeiras encaixou um belo contra-ataque aos 9min e só não tomou a dianteira no marcador por causa de Diego Souza. No lance, Cleiton Xavier lançou o camisa 7 e ele, sozinho, avançou em direção ao gol, mas o meia tentou driblar o goleiro Flávio e facilitou a defesa do botafoguense.

Nos minutos restantes, o que se viu foi o Palmeiras atacando e o Botafogo fazendo o possível para afastar os avanços alviverdes. A bola, porém, teimou em não entrar e o confronto terminou empatado, para tristeza da torcida local.

Na próxima quarta-feira, o Palmeiras iniciará sua trajetória no segundo turno do Brasileiro contra o Coritiba, às 21h50 (de Brasília), no Couto Pereira. Já o Botafogo terá como adversário o Santo André, no mesmo dia, só que às 19h30, no Engenhão.

Ficha técnica:

Gols
Palmeiras: Danilo, aos 32min do 1º tempo
Botafogo: André Lima, aos 23min do 1º tempo

Deslizes da arbitragem
- Pênalti não marcado de Pierre em Lucio Flavio, aos 27min do primeiro tempo
- Impedimento mal marcado de Cleiton Xavier, aos 23mi do segundo tempo

Lances bizarros
- No início do segundo tempo, Fahel pegou uma sobra de bola na pequena área, mas chutou para longe e perdeu um gol feito

Ponto Forte do Palmeiras
Bolas alçadas à área e disposição de seu setor ofensivo

Ponto Forte do Botafogo
Contra-ataques e lances de bola parada, com Lucio Flavio

Ponto Fraco do Palmeiras
Bobeira no lance do gol de André Lima e erros de passe na zaga

Ponto Fraco do Botafogo
Falha de Flávio no gol de Danilo e recuo em demasia

Personagem do jogo
André Lima, que marcou um gol e incomodou a defesa do Palmeiras

Esquema Tático Palmeiras
4-4-2
Marcos; Wendel, Maurício Ramos, Danilo e Armero; Pierre, Souza, Sandro Silva (Robert) e Cleiton Xavier; Diego Souza e Ortigoza (Daniel). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Esquema Tático Botafogo
3-6-1
Flávio; Émerson, Juninho e Eduardo; Thiaguinho (Léo Silva), Leandro Guerreiro, Fahel, Jônatas (Lalo), Lúcio Flávio e Batista (Rodrigo Dantas); André Lima. Técnico: Estevam Soares

Cartões Amarelos
Palmeiras: Wendel e Diego Souza
Botafogo : Eduardo, Leandro Guerreiro, Fahel, Lucio Flavio, Batista e André Lima

Árbitro
Cláudio Mercante (PE)

Público
24.231 pagantes




Fonte: Terra
Publicidade