PUBLICIDADE
Logo do

Botafogo

Meu time

Recordista de empates, Botafogo vacila e para no Cruzeiro

27 ago 2009 22h55
| atualizado em 28/8/2009 às 07h47
Publicidade

Ameaçado de rebaixamento pelos resultados negativos conhecidos nas últimas rodadas, o Botafogo aumentou a insatisfação de seu torcedor na noite desta quinta-feira, no Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro. Recordista de empates do Campeonato Brasileiro, a equipe alvinegra saiu na frente do Cruzeiro, mas sofreu no segundo tempo por ter um jogador a menos e cedeu nova igualdade, desta vez por 1 a 1, resultado que o segura na zona de risco.

» Veja fotos da partida
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Compre e venda ações dos times da Série A no Futex
» Problemas no estádio? Mande seu relato
» Comente o empate no Engenhão

Com o décimo empate conquistado em 21 rodadas, a equipe comandada pelo técnico Estevam Soares (que ainda não venceu no cargo) amplia a má sequência recente, que acumula seis partidas sem vitórias, três delas em seus domínios. Assim, chega aos 22 pontos, ganha uma posição do Náutico, mas segue na zona perigosa, agora na 17ª colocação. Já o rival mineiro, que igualou o número de jogos da maioria após ter adiado este confronto da 11ª rodada, por conta da final da Libertadores, tem 28 e segue em 12º.

Herói do emocionante empate por 3 a 3 com o Corinthians no último domingo, ao cobrar com perfeição uma falta já no fim do jogo realizado no Pacaembu, Lúcio Flávio voltou a se destacar nesta noite e marcou o único gol do Botafogo. Aos 33min da etapa inicial, o meia recebeu ótimo passe de Michael, tirou o goleiro Fábio da jogada e rolou para as redes do time mineiro.

Porém, logo nos primeiros lances após o reinício, o Botafogo teve a exibição prejudicada pela expulsão de Fael por falta cometida em Henrique, aos 4min do segundo tempo. Com isso, o time alvinegro passou a se soltar apenas nos contra-ataques, mas mesmo assim ainda teve boas chances nos pés de André Lima. No entanto, quem foi às redes foi o atacante Thiago Ribeiro, que aproveitou escanteio batido por Gilberto e usou a cabeça para empatar.

FICHA TÉCNICA

Botafogo 1 x 1 Cruzeiro

Gols
Botafogo: Lúcio Flávio, aos 32min do 1º tempo
Cruzeiro: Thiago Ribeiro, aos 22min do 2º tempo

Pontos Fortes do Botafogo
Jogadas pelo lado esquerdo do campo, principalmente com Thiaguinho, e marcação exercida no primeiro tempo

Ponto Forte do Cruzeiro
Velocidade da dupla de ataque reserva, formada por Thiago Ribeiro e Guerrón, que susbtituiram bem os titulares Wellington Paulista e Kléber

Pontos Fracos do Botafogo
Gols perdidos no segunto tempo e atuação desastrosa de Fahel, que cometeu falta dura no início do segundo tempo, foi expulso e prejudicou a equipe

Ponto Fraco do Cruzeiro
Excesso de passes errados no meio-campo

Personagem do jogo
Castillo, que ainda evitou a virada do Cruzeiro no segundo tempo com importantes defesas

Esquema Tático do Botafogo
4-4-2
Castillo, Alessandro, Emerson, Juninho e Michael (Batista); Leandro Guerreiro, Fahel, Thiaguinho (Jônatas) e Lucio Flavio; Victor Simões e André Lima (Reinaldo); técnico: Estevam Soares

Esquema Tático do Cruzeiro
4-4-2
Fábio, Jancarlos (Elicarlos), Thiago Heleno, Leonardo Silva e Diego Renan; Fabrício, Marquinhos Paraná, Henrique e Gilberto (Vinicius); Guerron (Soares) e Thiago Ribeiro; técnico: Adílson Batista

Cartões Amarelos
Botafogo: Fahel
Cruzeiro: Jancarlos, Fabrício, Marquinhos Paraná e Elicarlos

Cartões Vermelhos
Botafogo: Fahel

Árbitro
Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)

Local
Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)




Fonte: Terra
Publicidade