PUBLICIDADE
Logo do

Botafogo

Meu time

São Paulo bate Botafogo, vence 4ª seguida e cola no G4

5 ago 2009 22h51
| atualizado às 23h25
Publicidade

A ascensão do São Paulo continua. O time paulista bateu o Botafogo de virada no Morumbi por 3 a 1, garantiu sua quarta vitória seguida e colou no G4. A equipe de Ricardo Gomes já está na quinta colocação, enquanto o time carioca viu cair uma invenciblidade de sete jogos.

» Veja fotos de São Paulo x Botafogo
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Comente o resultado

O jogo começou aberto, com o São Paulo tocando a bola no meio de campo e procurando espaços na defesa carioca. Por sua vez, o Botafogo aproveitava as costas de Jorge Wagner para avançar pela esquerda. Aos 20min, a defesa são-paulina vacilou e deixou Lucio Flavio aparecer sozinho na entrada da área. O meia chutou com força no canto do goleiro Denis e fez um belo gol.

O time da casa seguiu com uma maior posse de bola, mas quem levava perigo eram os visitantes. Aos 29min, aproveitando novo espaço, Victor Simões chutou cruzado e Denis defendeu. Aos 35min, Washington deu bom passe para Hugo, que ficou cara a cara com Castillo. Como o meia demorou para chutar, o goleiro saiu atabalhoado do gol e cometeu pênalti. Jorge Wagner cobrou e converteu a penalidade para empatar o jogo.

O São Paulo seguiu no ataque para tentar o segundo gol e obrigou Castillo a trabalhar aos 44min, em falta cobrada por Washington. Aos 45min, o time da casa conseguiu sua virada. André Dias roubou bola de Eduardo, avançou pela ponta direita e tocou para Washington, que completou para o gol.

Depois do intervalo, o São Paulo acertou sua marcação e deixou de dar espaços para o Botafogo. O time visitante passou a tocar a bola, tentando atravessar o ferrolho defensivo paulista. Apostando nos passes em profundidade, a equipe paulista apareceu bem aos 16min, com Hugo, que cruzou para Washington, mas o atacante não conseguiu alcançar a bola.

Aos 26min, Borges tocou de cabeça para Dagoberto, que saiu na cara do gol e tocou na saída de Castillo para fazer o terceiro gol do São Paulo - seu quarto gol nos últimos três jogos. O time da casa seguiu atacando e Borges ficou perto de fazer o quarto aos 28min, quando bateu cruzado pela esquerda para a defesa do goleiro botafoguense.

Abatido com mais um gol, o time carioca tocava bola no campo de defesa enquanto era pressionado na saída de bola. Quem chegou mais perto de marcar foi o São Paulo. Aos 37min, Borges chutou de fora da área e Castillo espalmou. Hernanes também ficou perto de marcar, primeiro aos 40min, quando chutou para fora, e depois aos 43min, quando acertou a trave.

Ficha Técnica

Gols
São Paulo: Jorge Wagner, aos 36min do 1º tempo, Washington, aos 45min, e Dagoberto, aos 26min do 2º tempo.
Botafogo: Lucio Flavio, aos 20min do 1º tempo.

Lance bizarro
Aos 40min do 2º tempo, Lucio Flavio tentou cruzar bola pela esquerda, mas errou o chute e caiu no gramado.

Hernanes errou chute aos 41min do 2º tempo, correu para fora do campo e, ao tentar pular uma placa de publicidade, tropeçou e caiu no chão.

Lance polêmico
Aos 24min do 2º tempo, Richarlyson dominou bola e avançou em direção ao gol do Botafogo, mas a arbitragem considerou que o jogador dominou a bola com a mão.

Pontos Fortes do São Paulo
Toque de bola no meio de campo no segundo tempo

Marcação na saída de bola

Ponto Fraco do São Paulo
Espaços no meio de campo e na esquerda no primeiro tempo

Ponto Forte do Botafogo
Soube congestionar bem o meio de campo no primeiro tempo, dificultando a criação são-paulina

Ponto Fraco do Botafogo
Sem André Lima e Reinaldo, o setor ofensivo esteve em noite apagada

Personagem do jogo
Washington, que participou do primeiro gol e marcou o segundo

Esquema Tático São Paulo
3-5-2
Denis; Miranda, Renato Silva e André Dias; Jean, Richarlyson, Hernanes, Hugo (Junior César) e Jorge Wagner; Dagoberto (Marlos) e Washington (Borges); Técnico: Ricardo Gomes

Esquema Tático Botafogo
3-5-2
Castillo; Wellington (Túlio Souza), Juninho e Eduardo; Alessandro, Leandro Guerreiro, Batista, Renato (Jean Coral), Lucio Flavio e Michael (Léo Silva); Victor Simões; Técnico: Ney Franco

Cartões Amarelos
São Paulo: Jean e Hugo
Botafogo: Castillo e Juninho

Árbitro
Elmo Alves Cunha (GO)


Fonte: Terra
Publicidade