PUBLICIDADE
Logo do

Grêmio

Meu time

Sem inspiração, Atlético-PR e Grêmio ficam no 0 a 0

7 out 2009 22h57
| atualizado em 8/10/2009 às 02h08
Publicidade

Em uma noite pouco inspirada de seus armadores, Atlético-PR e Grêmio fizeram um jogo sem muitas emoções, congestionado no meio-campo e terminaram os 90 minutos em um merecido 0 a 0.

» Fotos do empate sem gols na Arena
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Compre e venda ações dos times da Série A no Futex
» Clique e saiba o que é Futweet
» Problemas no estádio? Mande seu relato
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Comente o resultado do jogo

Tudo porque nenhuma das duas equipes quis arriscar um pouco mais. O Grêmio, já um tanto acostumado a não vencer fora de casa - apenas uma vitória em 14 como visitante -, até teve um pouco mais de posse de bola, chegou com mais vezes com perigo, mas viu um Tcheco apenas esforçado e um Souza sem muita inspiração. Uma pena para quem ainda tem chances de brigar pelo menos pela Libertadores mas que nos últimos nove pontos disputados somou apenas dois.

O Atlético-PR, que na rodada passada surpreendeu ao vencer o Corinthians fora de casa, segue irregular neste Brasileiro e não consegue emendar uma sequência de vitórias. Mesmo que tenha melhorado um pouco mais no segundo tempo, criando a melhor chance de gol com Alex Mineiro - aos 26min em chute em cima de Marcelo Grohe -, faltou um pouco mais de capricho para os atleticanos. Uma pena também para quem, há sete rodadas seguidas não sai da 14ª colocação e vive na sombra da zona de rebaixamento.

Num primeiro tempo de pouquíssima inspiração de ambos os lados, o primeiro a assustar foi o Grêmio. Aos 2min, Souza cobrou escanteio, a bola desviou em Ronaldo e quase enganou Galatto. Aos 12, Maxi López recebeu na entrada da área, girou e bateu para boa defesa do goleiro do Atlético.

O Atlético-PR respondeu logo em seguida, com Paulo Baier de falta. Ele bateu com violência, e foi a vez de Marcelo Grohe aparecer bem no gol do Grêmio. Daí para a frente, a partida se tornou chata. Os times trocavam passes sem objetividade no meio-de-campo. Aos 40, Rochemback chutou firme, mas o goleiro rubro-negro apareceu bem novamente. Os times foram para o intervalo num insosso empate em 0 a 0.

No começo da segunda etapa, o Grêmio assustou por duas vezes. Na primeira, Maxi López lançou para Tcheco, que tocou na saída do goleiro. Chico tirou em cima da linha. No lance seguinte, após cobrança de escanteio, Réver cabeceou a centímetros da trave de Galatto.

Aos 25min, Alex Mineiro girou dentro da área e bateu para excelente defesa de Grohe, acordando a torcida atleticana na Arena. O Grêmio tentava os contra-ataques, mas esbarrava na defesa adversária. No fim das contas, na Arena - em uma partida em que os goleiros foram meros espectadores, na maioria do tempo -, um empate sem gols que deixou as equipes longe de seus objetivos.

FICHA TÉCNICA

Atlético-PR 0 x 0 Grêmio

Ponto Forte do Atlético-PR
Mudou de atitude no segundo tempo e tentou criar mais jogadas pelas laterais para descongestionar o jogo

Ponto Forte do Grêmio
Marcou mais (por isso recebeu mais cartões) e impediu o avanço do Atlético-PR

Ponto Fraco do Atlético-PR
Não se impôs desde o início da partida, mesmo jogando em casa

Ponto Fraco do Grêmio
Falta de articulação nas jogadas de ataque

Personagem do jogo
No 0 a 0, quem acabou se destacando foram os goleiros Galatto e Marcelo Grohe. Apesar de não terem sido muito acionados, quando foram conseguiram não ser vazados

Esquema Tático do Atlético-PR
3-5-2
Galatto; Ronaldo (Everton), Fransérgio e Chico; Rafael Miranda, Valencia, Paulo Baier, Marcinho (Alex Mineiro) e Márcio Azevedo(Alex Sandro); Wallyson e Wesley. Técnico: Antônio Lopes

Esquema Tático do Grêmio
4-4-2
Marcelo Grohe; Mário Fernandes, Léo, Réver e Lúcio; Rochemback, Túlio, Souza e Tcheco; Maxi López e Jonas (Perea). Técnico: Paulo Autuori

Cartões Amarelos
Atlético-PR: Ronaldo
Grêmio: Tcheco, Rochemback, Lúcio, Souza e Mário Fernandes

Árbitro
Salvio Spinola Fagundes Filho

Local
Arena da Baixada

Com informações do Lancepress




Fonte: Terra
Publicidade