PUBLICIDADE
Logo do

Internacional

Meu time

Sob nova direção, Inter bate o Náutico e volta a vencer no Brasileiro

7 out 2009 23h47
| atualizado em 8/10/2009 às 01h28
Publicidade

O Internacional voltou a marcar um gol neste Campeonato Brasileiro e consequentemente a vencer. E graças ao triunfo por 3 a 1 sobre o Náutico, está de novo no G-4 do Campeonato Brasileiro. Tudo isso no dia em que Mário Sérgio retornou ao clube gaúcho, agora na condição de técnico.

» Fotos da vitória do Inter sobre o Náutico
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Compre e venda ações dos times da Série A no Futex
» Clique e saiba o que é Futweet
» Problemas no estádio? Mande seu relato
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Comente o resultado do jogo

Sob sua administração, teve mais gente que voltou a mostrar serviço. Alecsandro, por exemplo, não marcava um gol de bola rolando havia sete jogos - fez de pênalti na derrota para o Cruzeiro. Nesta quarta-feira foi ele quem abriu o placar ao completar para o gol, aos 22min de jogo, o bom cruzamento rasteiro de Guiñazu e fechou a contagem aos 45min do segundo tempo.

O meia argentino D'Alessadnro, que há algum tempo não vinha mostrando um bom futebol também voltou. Tanto ao time titular quanto às boas atuações e comemorações "furiosas" cheias de soco no ar pelo gol que fez. De falta, nos acréscimos do primeiro tempo, ele cobrou falta no canto do goleiro, que pulou atrasado e deixou a bola passar.

Se de um lado D'Alessadnro extravasou, Mário Sérgio não podia ficar mais contido nos gols de seu time. Numa época em que os treinadores dão um show particular no espetáculo, gritando, gesticulando e pulando ao ver seus pupilos marcarem, o novo chefe colorado apenas cerrou os punhos para demonstrar sua felicidade. Estaria Mario Sérgio, que já foi vaiado pela torcida e chamado de burro logo no primeiro jogo, evitando uma entrega maior já que seu contrato é até dezembro?

Independentemente disso, o Internacional, que há três jogos não marcava, apesar de não ter voltado a encher os olhos de seu torcedor, pelo menos retorna ao G-4 (é o terceiro) do Brasileiro graças à vitória que encerrou a seca de quatro partidas sem vitórias. Pelo menos até quinta-feira, quando Atlético-MG e Goiás jogam pelo Brasileiro e podem ultrapassá-lo na classificação.

Já o Náutico, que chegou até a empatar a partida no primeiro tempo com Bruno Mineiro, sentiu os desfalques para a partida no Sul e não conseguiu sair com um ponto do Rio Grande do Sul. O resultado, a terceira derrota seguida no sexto jogo sem vitórias, mantém o time pernambucano à frente apenas de Fluminense e Sport na zona de classificação.

FICHA TÉCNICA

Internacional 3 x 1 Náutico

Gols
Internacional: Alecsandro, aos 22min do primeiro tempo e aos 45min do segundo tempo, e D'Alessandro, aos 46min do primeiro tempo
Náutico: Bruno Mineiro, aos 39min do primeiro tempo

Ponto Forte do Internacional
D'Alessandro fez gol, deu assistência para outro e armou as principais jogadas do Internacional

Ponto Forte do Náutico
Mesmo com desfalques, fez uma forte marcação e valorizou a vitória colorada

Ponto Fraco do Internacional
Abusou das jogadas de bolas aéreas

Ponto Fraco do Náutico
Sem Tuta e Carlinhos Bala, Náutico não foi bem no setor ofensivo

Personagem do jogo
Alecsandro, marcou dois gols abrindo e fechando a vitória do Inter no Beira-Rio

Lance polêmico e bizarro
Em bola recuada para Gledson, o goleiro falha e salva, com as mãos, em cima da linha. No rebote, Kléber, sozinho, erra gokl . Arqueiro salva em cima da linha e, no rebote, Kléber erra gol feito

Esquema Tático do Internacional
3-5-2
Lauro; Bolívar, Danny Morais e Fabiano Eller; Danilo Silva (Maicon), Glaydson, Guiñazu, D'Alessandro e Kléber, Andrezinho (Edu) e Alecsandro. Técnico: Mário Sérgio

Esquema Tático do Náutico
3-5-2
Gledson; Vágner Silva, Asprilla e Negretti (Johnny); Patrick, Irênio (Mariano Torres), Rudnei, Nilson, Irênio e Anderson Santana; Bruno Mineiro e Elton (Márcio Barros). Técnico: Geninho

Cartões Amarelos
Internacional: Kléber e D'Alessandro
Náutico: Negretti, Nilson e Elton

Árbitro
Wallace Nascimento Valente

Local
Estádio do Beira-Rio




Fonte: Terra
Publicidade