PUBLICIDADE
Logo do

Atlético-MG

Meu time

Sob olhar de Ronaldo, Corinthians encerra tabu e bate Atlético-MG

16 ago 2009 18h02
| atualizado às 19h16
Publicidade

O Corinthians encerrou a série negativa no Campeonato Brasileiro. Depois de cinco jogos sem vencer, o time de Mano Menezes jogou bem e venceu o Atlético-MG por 2 a 0, sem sobressaltos. O jogo foi acompanhado por Ronaldo, que esteve nas tribunas do Pacaembu e foi embora na metade do segundo tempo.

» Veja fotos da partida
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Problemas no estádio? Mande seu relato
» Comente o resultado

O resultado faz o Corinthians encerrar o turno com 28 pontos, nove a menos do que o líder Palmeiras. Já o Atlético-MG, que liderou boa parte do campeonato, vira o turno fora do G-4, na quinta posição, com 32 pontos, e não tem mais chances de ser campeão da primeira metade do Brasileiro.

Desde o início o Corinthians mostrou uma postura diferente dos últimos jogos, com a mesma pegada dos tempos de Campeonato Paulista e Copa do Brasil. Nem a lesão de Edu, aos 20min do primeiro tempo, impediu a boa partida corintiana.

O Atlético-MG, com vários desfalques, teve dificuldade para articular o ataque. Mesmo assim, criou a primeira chance perigosa com Diego Tardelli, que aproveitou uma sobra do goleiro Felipe e chutou para o gol vazio. Edu salvou quase em cima da linha.

O Corinthians, consciente e com um esquema 3-5-2, manteve o domínio do meio-campo. O atacante Henrique quase fez seu primeiro gol com a camisa do time paulista, mas teve seu lance anulado pela arbitragem.

Aos 25min, não teve jeito. Depois de boa troca de passes na intermediária, Dentinho recebeu pelo lado esquerdo do ataque, chutou e contou com o desvio de Werley para fazer 1 a 0.

O Atlético-MG ainda teve de usar o goleiro Edson, que entrou no lugar do machucado Bruno. O terceiro goleiro atleticano teve de segurar uma pressão corintiana no final do primeiro tempo.

A segunda etapa foi melhor ainda para os comandados de Mano Menezes. Logo aos 5min, Henrique roubou uma bola no meio-campo e rolou para Boquita. Da entrada da área, o jogador acertou um lindo chute e fez o golaço. A bola foi no ângulo direito de Edson.

Com o placar praticamente consolidado, o Corinthians segurou o jogo e Mano Menezes fez algumas alterações no time. Já sem Ronaldo nas tribunas, o time tocou a bola e apenas esperou o apito final de Leandro Vuaden para comemorar a vitória da reabilitação no Campeonato Brasileiro.

Ficha técnica:
CORINTHIANS 2 X 0 ATLÉTICO-MG

Gols
Corinthians: Dentinho, aos 25min do 1º tempo; Boquita, aos 5min do 2º tempo
Atlético-MG:

Lance polêmico
Gol anulado de Henrique no primeiro tempo. Ele teria feito a falta no zagueiro do Atlético-MG

Lance bizarro
Após a saída de Júnior, o Atlético-MG ficou sem capitão e o técnico Celso Roth ficou desesperado com a faixa na mão, a espera de um novo dono

Ponto Forte do Corinthians
Meio-campo consistente e atuação de Boquita, uma das melhores pelo Corinthians

Ponto Forte do Atlético-MG
Não houve

Ponto Fraco do Corinthians
Não soube aproveitar a vantagem numérica após a expulsão de Renan

Ponto Fraco do Atlético-MG
Setor ofensivo. Júnior e Tchô criaram pouco e nem levaram perigo ao gol de Felipe

Personagem do jogo
Boquita, autor de um golaço que garantiu a vitória

Esquema Tático do Corinthians
3-5-2
Felipe, Chicão, William (Jean) e Diego; Jucilei, Edu (Moradei), Boquita (Marcinho), Elias e Jorge Henrique; Dentinho e Henrique.
Técnico: Mano Menezes

Esquema Tático do Atlético-MG
3-5-2
Bruno (Edson), Werley, Alex Bruno e Thiago Cardoso; Marcos Rocha, Renan, Júnior (Rafael Jataí), Tchô (Marcos) e Thiago Feltri; Éder Luis e Diego Tardelli .
Técnico: Celso Roth

Cartões Amarelos
Corinthians: Diego
Atlético-MG: Tchô, Alex Bruno, Marcos Rocha, Diego Tardelli

Cartões Vermelhos
Corinthians:
Atlético-MG: Renan

Local
Pacaembu, São Paulo (SP)

Público
20.947 torcedores

Árbitro
Leandro Vuaden (RS)




Fonte: Terra
Publicidade