PUBLICIDADE
Logo do

Athletico Paranaense

Meu time

Waldemar Lemos pede demissão; Leão deve assumir Atlético-PR

29 jul 2009 23h24
| atualizado em 30/7/2009 às 00h47
Publicidade

Waldemar Lemos deixa o comando do Atlético-PR, por decisão própria. Mas a derrota de 3 a 0 para o Goiás, na noite desta quarta-feira, no Serra Dourada, em Goiânia, não foi decisiva para a saída do comandante.

» Fotos da vitória do Goiás
» Vitória sobre o Atlético-PR coloca o Goiás no G4
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa

Lemos deixou Curitiba na terça-feira com seu futuro definido. O treinador já havia anunciado para a diretoria que não seguiria no clube, independente do resultado da partida em Goiânia.

"Não comuniquei os jogadores, mas já havia comunicado o presidente após o jogo de domingo (sic). Cumpri minha tarefa hoje, dei meu máximo, mas infelizmente o momento é esse", confirmou o treinador após mais uma derrota.

Porém, os jogadores só foram informados da saída do comandante após o jogo na capital goiana e lamentaram a mudança.

"Ficamos triste. Isso (saída Lemos) só fortalece aquele vício que o Brasil tem de técnico não se manter muito tempo no cargo. A gente tem parte (na situação ruim), não é só o Waldemar", lamentou Marcinho.

Waldemar Lemos ficou dez jogos no comando do Atlético-PR e conseguiu apenas três vitórias, além de cinco derrotas e dois empates neste período.

Com a saída de Lemos, especula-se que Leão seja o novo treinador do clube. A diretoria ainda não confirma, mas a informação de bastidor é que o ex-comandante do Sport deve chegar em Curitiba nesta quinta-feira.

Fonte: Especial para Terra
Publicidade