1 evento ao vivo

Clubes brasileiros poderão usar até 5 estrangeiros a partir de 2014

6 dez 2013
22h11
atualizado em 7/12/2013 às 07h43

Os clubes brasileiros poderão utilizar a partir do próximo ano até cinco jogadores estrangeiros em suas partidas por campeonatos nacionais, segundo uma norma divulgada hoje pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

De acordo com um dos artigos do Regulamento Geral de Competições de 2014, publicado pela CBF, os clubes podem incluir cinco estrangeiros na lista de convocados para cada partida.

A norma atende a um pedido apresentado pelo Grêmio, que propôs à CBF a elevação de três para cinco o número de estrangeiros habilitados para disputar competições nacionais, como o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil.

"O Grêmio recebeu com satisfação essa notícia porque abre uma possibilidade muito interessante em um mercado no qual atuamos há algum tempo. É importante pela abertura do mercado", afirmou o diretor-executivo do clube, Rui Costa, em comunicado da entidade.

O Grêmio é um das equipes que mais contrata estrangeiros e atualmente conta com os artilheiros Hernán Barcos, argentino, e Eduardo Vargas, chileno; assim como com o meio-campo paraguaio Cristian Riveros e o uruguaio Maximiliano Rodríguez.

O Brasil é o país que menos contrata estrangeiros na América do Sul e para este ano atingiu um recorde de 50 inscritos nas 20 equipes da primeira divisão.

O regulamento de 2013 permite ter em relação um número ilimitado de estrangeiros, mas só três podem jogar por partida.

EFE   

compartilhe

publicidade
publicidade