1 evento ao vivo

Confira detalhes do título do Santos no "Robertão" de 1968

22 dez 2010
12h04
atualizado às 13h09

PALAVRA DO JORNAL A GAZETA ESPORTIVA: Dois gols definiram a superioridade do Santos sobre o Vasco da Gama nos primeiros 45 minutos do cortejo no Maracanã. Robertão, em noite decisiva, com o Santos precisando apenas de um empate para conquistar o título, ou melhor, mais um título neste 1968. Dois gols - Toninho e Pelé - mostrando que o Santos é realmente a melhor equipe do Brasil. (Publicado na edição de 11/12/1968)

RESUMO: Diferentemente da primeira edição, o Robertão de 1968 contou com a organização da Confederação Brasileira de Desportos (CBD). Por isso, além dos outros 15 participantes (cinco de São Paulo, cinco do Rio, dois de MG, dois do RS e um do PR), foram chamados dois clubes do Nordeste: o Bahia e o Náutico. O Santos sobrou na competição, liderando o seu grupo na primeira fase, e terminando a fase final com três vitórias em três jogos, a última sobre o Vasco, no Maracanã.

CAMPANHA DO CAMPEÃO: 19 J - 12 V - 4 E - 3 D - 44 GP - 20 GC

FICHA TÉCNICA DA FINAL:
VASCO 1 X 2 SANTOS
Data:
10/12/1968
Local: Maracanã
Renda:
NCr$ 144.362,00
Público: 54.994 pagantes
Árbitro: Arnaldo Cezar Coelho
Assistentes:
Antonio Fiug e José Aldo Pereira
Expulsões: Claudio (SAN); Bianchini (VAS)
Gols: Toninho e Pelé (SAN); Bianchini (VAS)

VASCO:
Valdir; Ferriera, Brito, Moacir (Fernando) e Eberval; Alcir e Benetti; Naldo, Valfrido, Bianchini e Danilo Menezes (Adilson).
Técnico:
Paulinho de Almeida
SANTOS:
Claudio; Carlos Alberto, Ramos Delgado, Mario e Rildo; Clodoaldo e Lima; Edu, Toninho (Douglas), Pelé e Abel (Laércio)
Técnico: Antoninho

Fonte: Gazeta Esportiva

compartilhe

publicidade