PUBLICIDADE

Emocionado, Cahill critica árbitro após expulsão

13 jun 2010
21h14 atualizado em 15/6/2010 às 19h54
21h14 atualizado em 15/6/2010 às 19h54
Publicidade

Expulso aos 11min do segundo tempo no duelo contra a Alemanha, quando sua seleção já perdia por 2 a 0, o australiano Tim Cahill foi às lágrimas enquanto deixava o gramado. Além de discordar da decisão do árbitro mexicano Marco Rodrigues, o meia teme que o "sonho de sua vida" chegue ao fim antes da hora.

"Essa Copa do Mundo é o sonho da minha vida e alguém o levou para longe de mim com uma decisão. Não tenho palavras para descrever como estou chateado. É um dos momentos mais tristes da minha carreira", disse o camisa 4.

O alemão Schweinsteiger, vítima da falta que originou o cartão vermelho, saiu em defesa do rival e afirmou que o árbitro poderia ter sido menos rigoroso, fato que aumentou a irritação de Cahill.

"Schweinsteiger saiu em minha defesa, disse que não era lance para cartão vermelho. Tirem suas conclusões", reclamou o atleta, que está suspenso da partida contra Gana, no próximo sábado, às 11h, e deve ser substituído por Kewell.

"Eu treinei muito para estar aqui, me mantive em forma e agora não poderei jogar. Já passei por muitas coisas difíceis no futebol, mas nada tão doloroso", declarou o jogador, que completou: "estou 100% comprometido com a causa de nossa seleção. Vou treinar e mostrar o meu valor para o último jogo".

Copa 2010 no celular

Notícias, fotos, classificação, tabelas, artilheiros, estatísticas e curiosidades também estão no celular.
Acompanhe o minuto a minuto de todos os jogos do Mundial e escolha os melhores em campo.
Acesse: m.terra.com.br/copa
Baixe o aplicativo: m.terra.com.br/appcopa
SMS: receba as noticias e os gols da Seleção no seu celular; envie COPA para 83772

Com informações de Lancepress

Alemanha 4 x 0 Austrália: Veja animação dos gols em 3D:
Fonte: Gazeta Press
Publicidade