0

Denis assume vaga de Sidão no gol contra o Novorizontino

22 fev 2017
08h41
atualizado às 10h15
  • separator
  • comentários

Depois de deixar Denis de fora até mesmo do banco de reservas do São Paulo nesta terça, Rogério Ceni já avisou que vai dar oportunidade ao camisa 1 no próximo sábado, contra o Novorizontino, pela sexta rodada do Campeonato Paulista. Sidão, que atuou em todas as partidas do clube no Estadual até aqui, mas tem falhado tanto com as mãos quanto com os pés, também ficará de fora da lista relacionados dessa vez. Renan Ribeiro, agora definitivamente recuperado, será o suplente pelo segundo jogo seguido.

Denis, que sequer foi relacionado para o jogo contra o São Bento, nessa terça-feira, será o titular no sábado no lugar de Sidão
Denis, que sequer foi relacionado para o jogo contra o São Bento, nessa terça-feira, será o titular no sábado no lugar de Sidão
Foto: Divulgação/SPFC

"O Denis não foi relacionado e vai jogar o próximo jogo. Trouxe o Renan porque é importante para ele sentir o grupo. O próximo o Denis joga e o Renan fica no banco, e eu descanso o Sidão. Não estou decidindo isso hoje. Denis joga e Sidão descansa", avisou Rogério Ceni, tentando evitar qualquer clima de animosidade e reforçar sua ideia de fazer rodízio e dar oportunidade a todos. Antes do duelo contra o São Bento, Sidão falou sobre a disputa com Denis à Gazeta Esportiva .

"Eu estou trabalhando para conquistar o meu espaço, o Rogério Está optando em me colocar e eu estou procurando me firmar cada vez mais no São Paulo e como titular da equipe, mas, faz parte, futebol é assim, um dia a gente está jogando no outro dia a gente não está jogando, então, é minha oportunidade, eu preciso pensar na minha carreira, na minha vida profissional, encarar isso como a chance da minha vida e me firmar cada vez mais", disse o experiente jogador.

Dentro dessa competitividade interna por posições e espaço no grupo também está a definição do último jogador a ser inscrito no Campeonato Paulista. Com a chegada de Jucilei, Ceni terá só mais uma vaga disponível e parece preocupado com as laterais.

"Trouxe o Caíque (lateral esquerdo da base) para treinar até o dia 3 (de março) para avaliar, apesar do Buffarini jogar nas duas, falta esse jogador. E até o dia 3 eu vou decidir o último jogador que eu posso inscrever", explicou, deixando claro que fará observações até a data limite do regulamento.

"Tenho o Foguete, o Lyanco, o Wellington e o Caíque. E tenho alguns dias para definir qual o último para o Paulista, mas tem a Copa do Brasil e logo logo o Brasileiro, então, que ninguém caia no desânimo. É uma questão de opção, não profissional. A regra do Paulista é uma regra ingrata. Eu até agradeço a forma profissional como eles vêm tratando isso, mas numericamente foge do meu alcance", justificou.

Um jogador que já está inscrito, mas não à disposição é Wellington Nem. E Rogério Ceni não vê a hora de poder voltar a contar com o jogador, que esteve entre os 11 titulares até a primeira rodada do Estadual, quando acabou se lesionando. Em fase final de sua recuperação, o atacante deve voltar na Copa do Brasil.

"Eu sei que hoje (terça) ele fez o primeiro treino com bola. Dependo do rendimento a cada dia, para o fim de semana acho praticamente impossível, porque seria um risco muito grande. Torço para que possa tê-lo em Londrina, quarta-feira. É uma peça importante, que eu conto muito. Vamos esperar, ver o rendimento dele, aguardo sempre o retorno do jogador. Vamos ver como ele se sente", adiantou o treinador, que tem escolhido Luiz Araújo como o substituto imediato na posição.

"O Luiz Araújo tomou melhores decisões hoje (contra o São Bento) do que no último jogo. Contra o Santos foi espetacular, sábado nem tanto, hoje tomou decisões importantes. É madurecer, porque ele tem a velocidade, rouba bola com facilidade, hoje deu duas assistências, tomou boas decisões, foi muito bem", elogiou Ceni.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade