2 eventos ao vivo

Avaí perde seis pontos no TJD e vai lutar contra degola

3 mar 2015
22h59
atualizado em 4/3/2015 às 07h33
  • separator
  • comentários

A situação do Avaí no Campeonato Catarinense se tornou ainda mais complicada nesta terça-feira. Por escalar o zagueiro Antônio Carlos de modo irregular, o clube da Ressacada foi punido pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina com a perda de seis pontos e multa de R$ 6 mil. O duelo na qual a escalação equivocada foi detectada ocorreu no dia 22 de fevereiro, contra o Marcílio Dias, na sexta rodada. A diretoria azurra não vai recorrer desta decisão.

A procuradoria do TJD alegou infrações no artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e denunciou a representação de Florianópolis. O advogado do clube, Sandro Barreto, admitiu que houve um erro interno e pediu pela desqualificação do artigo. O pedido, no entanto, não foi acatado.

<p>Ava&iacute; foi punido por escala&ccedil;&atilde;o irregular de atleta no Estadual</p>
Avaí foi punido por escalação irregular de atleta no Estadual
Foto: Felipe Gabriel / Agência Lance

Os seis pontos subtraídos deixam o Avaí com vaga assegurada no Quadrangular do Rebaixamento do Campeonato Catarinense - que também possui o Atlético de Ibirama como membro. Assim, os azurras apenas cumprem tabela nesta quarta-feira, contra a Inter de Lages, no estádio Vidal Ramos Júnior, o popular Tio Vida, às 22 horas (de Brasília), em duelo válido pela última rodada da fase inaugural.

O presidente do clube, Nílton Macedo Machado, acusou o erro na escalação e disse "não encontrar bases jurídicas para um equívoco humano". Envolvido na irregularidade, Antônio Carlos ficou sem vínculo válido para atuar no Catarinense, após uma negociação envolvendo o Corinthians e seu empresário, Eduardo Uram.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade