3 eventos ao vivo

Higuaín marca duas vezes, e Juve vence mais uma diante do Sassuolo

10 set 2016
15h02
  • separator
  • 0
  • comentários

A Juventus segue fazendo campanha impecável no Campeonato Italiano. Neste sábado, a Velha Senhora venceu o Sassuolo por 3 a 1 no Juventus Stadium, chegando ao terceiro triunfo em três rodadas e mantendo-se na ponta da tabela.

O destaque da vitória, mais uma vez, foi Gonzalo Higuaín. O artilheiro marcou os dois primeiros gols da Juve - o segundo deles uma verdadeira pintura - e viu o estreante Pjanic marcar o terceiro, tudo no primeiro tempo. Ainda antes do intervalo, o zagueiro Antei descontou para os visitantes, mas a reação parou por aí.

A Juve volta a entrar em campo na quarta-feira, quando estreia na Liga dos Campeões diante do Sevilla em Turim. Na quinta-feira, o Sassuolo também tem compromisso europeu diante do Athletic Bilbao pela Liga Europa.

O jogo - Disposta a continuar seu início avassalador no Campeonato Italiano, a Juventus não deu chances ao Sassuolo, que também entrava em campo com duas vitórias em dois jogos. A Velha Senhora precisou de cinco minutos para balançar a rede adversária diante da sua torcida: após contra-ataque fulminante, o artilheiro Higuaín recebeu de Dybala na área e bateu rasteiro no canto direito.

Contratação mais cara da temporada europeia, o argentino voltou a mostrar seu valor aos 10 minutos de jogo. Cruzamento na área, ajeitada de Khedira, bomba de primeira do camisa 9: um golaço para aumentar a vantagem da Juve.

O domínio da equipe da casa era claro, e o terceiro gol quase veio num novo intervalo de cinco minutos do tento de Higuaín, mas Bonucci cabeceou para fora após cruzamento certeiro de Dybala.

Aos 27 minutos, foi a vez de outra importante contratação da Juve deixar a marca logo em sua estreia no time de Turim. Lichtsteiner cruzou da direita e Pjanic cabeceou para defesa de Consigli. No rebote, o próprio bósnio, ex-Roma, colocou para dentro e fez 3 a 0.

O placar parecia se encaminhar para uma elasticidade ainda maior, mas o Sassuolo deu sinais de que ainda não estava morto em campo. Aos 33, a equipe diminuiu após escanteio cobrado por Politano, saída ruim de Buffon e gol do zagueiro Antei.

No segundo tempo, a Juventus não mostrava o mesmo ímpeto do início da partida. Mesmo assim, atacava com perigo. Aos 11 minutos, Pjanic recebeu na área e bateu firme para defesa de Consigli. Alex Sandro pegou o rebote, mas foi travado. O goleiro do Sassuolo evitou um desastre maior para sua equipe em mais uma tentativa, desta vez de Dybala aos 15, e novamente aos 23, em chute de Lichtesteiner.

O time da casa se mostrou acomodado com a vantagem de dois gols e pouco atacou até o fim do jogo. A última chance de gol bianconera foi aos 24 minutos, com Mandzukic parando em nova defesa de Consigli. Já nos acréscimos, o Sassuolo ainda tentou diminuir o prejuízo. Politano recebeu na área, limpou Buffon e bateu, mas Lichtsteiner salvou em cima da linha.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade