PUBLICIDADE

Aplaudido de pé como Ronaldinho, Iniesta agradece torcida merengue

22 nov 2015
0comentários
Publicidade

Na ausência de Messi, Andrés Iniesta foi um dos atletas que deu show na goleada do Barcelona sobre o Real Madrid. Além de dar assistência para Neymar, o meia espanhol recebeu um toque de calcanhar do brasileiro para fazer o seu e sacramentar, ao lado dos dois gols de Suárez, a vitória culé por 4 a 0 em pleno Santiago Bernabéu.

Iniesta foi substituído por El Haddadi na etapa complementar, e, de forma surpreendente, saiu de campo ovacionado de pé pela torcida merengue, a exemplo de Ronaldinho Gaúcho no histórico clássico de 19 de novembro de 2005 - o primeiro da carreira de Lionel Messi. Na ocasião, o brasileiro, então dono da camisa 10, teve uma atuação de gala: fez dois golaços, liderou o triunfo do Barcelona por 3 a  e acabou aplaudido de pé na casa do arquirrival. O Barça viria a ser campeão espanhol meses depois.

Dez anos depois, as arquibancadas do Santiago Bernabéu repetiram a atitude para Iniesta. O jogador de 31 anos demonstrou gratidão aos madrilenos e não poupou elogios ao desempenho da própria equipe.

"Eu gostaria de agradecer aos fãs. Meus companheiros e eu nos sentimos muito bem, jogamos de maneira completa em todos os sentidos. Demos a eles poucas chances, raramente perdemos a bola. Fomos muito efetivos", avaliou Iniesta. "Outro dia eu disse que a única coisa em que estamos interessados é em nos mesmos. Fizemos isso e minimizamos o oponente. Há um longo caminho a percorrer, isso não foi decisivo de maneira alguma, mas deixamos Madri muito satisfeitos."

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade