PUBLICIDADE

Punido, Barton escapa de pena por chamar Thiago Silva de "travesti"

6 mai 2013 12h30
| atualizado às 12h38
ver comentários
Publicidade
<p>Meia pegou dois jogos de suspensão, mas escapou de cumprí-los</p>
Meia pegou dois jogos de suspensão, mas escapou de cumprí-los
Foto: Philippe Laurenson / Reuters

O meio-campista Joey Barton, do Olympique de Marselha, recebeu uma suspensão de dois jogos por ter chamado o zagueiro brasileiro Thiago Silva, do Paris Saint-Germain, de "travesti acima do peso" no Twitter, mas foi liberado de cumprir a punição, informou o clube francês nesta segunda-feira.

Barton, que tem mais de dois milhões de seguidores no Twitter, usou o site de microblog para insultar Thiago Silva no mês passado.

A punição de Barton é de duas partidas condicionais - ou seja, ele cumprirá de acordo com seu futuro comportamento. "O Conselho Nacional de Ética puniu com uma suspensão de duas partidas condicionais Joey Barton por seus insultos no Twitter ao jogador do PSG", explica em um comunicado o Marselha.

O PSG ameaçou tomar ações contra Barton, cujos comentários também provocaram condenação por parte de ativistas em defesa dos direitos dos homossexuais. Thiago Silva não respondeu aos comentários.

"Os comentários que ele fez sobre Thiago Silva não foram declarações homofóbicas. Foram simplesmente mal colocadas", disse o presidente do comitê de ética, Laurent Davenas.

Barton chegou à França por empréstimo do Queens Park Rangers após uma carreira agitada na Inglaterra.

Ele passou dois meses e meio na prisão por uma agressão cometida após uma noitada em Liverpool quando já estava em liberdade condicional por agredir o colega de equipe no Manchester City Ousmane Dabo.

Com informações da AFP

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade