0

Chelsea vira sobre o Tottenham e segue líder do Campeonato Inglês

26 nov 2016
17h41
atualizado às 17h41
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Depois de começar perdendo e sob grande pressão adversária, o Chelsea virou sobre o Tottenham e garantiu a vitória por 2 a 1 no clássico londrino deste sábado, em Stamford Bridge, pela 13ª rodada do Campeonato Inglês. O triunfo - sétimo consecutivo na competição - foi crucial para a equipe seguir na liderança do torneio.

Apesar de toda a pressão do Tottenham, quinto colocado do campeonato, o Chelsea manteve a ótima campanha, construiu excelente reação diante da torcida e se manteve no topo da tabela. A virada veio no segundo tempo, dominado pela equipe de Antonio Conte, com grande atuação do brasileiro naturalizado espanhol, Diego Costa. O atacante não marcou, mas deu uma assistência e foi fundamental na criação ofensiva dos blues. Pedro e Moses balançaram as redes.

O time de Mauricio Pochettino até fez bonito na condição de visitante. Eriksen abriu o placar na casa do adversário, mas, a partir do intervalo, a equipe se viu obrigada a jogar de acordo com as regras dos mandantes.

Com a derrota, o Tottenham segue na quinta colocação, com 24 pontos, e não é ameaçado a perder o posto nesta rodada, já que o Manchester United é o sexto colocado, com 19, e ainda não jogou. O Chelsea, por sua vez, garantiu a permanência no primeiro lugar e soma 31 pontos, um a mais que o Liverpool, segundo colocado.

Na próxima rodada, os blues encaram o Manchester City de Guardiola, fora de casa. Já o Tottenham recebe o Swansea, vice-lanterna da competição.

O jogo - Mesmo na condição de visitante, o Tottenham começou com tudo. Pressionando desde os primeiros minutos, a equipe chegou a balançar as redes aos cinco minutos. Em cobrança de falta, Eriksen mandou a bola para o meio da área e Kane converteu, mas foi pego em condição de impedimento.

O ataque continuou incisivo e não desanimou com o tento anulado. Aos 11 minutos, Eriksen recebeu o passe de Dele Alli após boa arrancada e, de esquerda, mandou uma bomba, com efeito, que estufou as redes de Courtois.

Abatido com o gol, o Chelsea começou a construir reação. Aos 19, Diego Costa recebeu com perigo, próximo à meta, mas o auxiliar técnico logo marcou o impedimento do atacante.

Foi somente nos minutos finais da primeira etapa que o Chelsea conseguiu reagir. Já nos acréscimos, aos 46, Pedro recebeu ótimo passe de Matic na entrada da área, girou, ajeitou o corpo e bateu colocado, no canto esquerdo de Lloris, deixando o arqueiro francês sem chances de defesa. A torcida azul vibrou muito com o empate do time.

O Chelsea fez um primeiro tempo apático em seu próprio estádio. O torcedor reacendeu a esperança minutos antes do apito final e trouxe novo ânimo ao time, que mostrou uma postura totalmente diferente na segunda parte do jogo.

Aos seis minutos do segundo tempo, Diego Costa, artilheiro do torneio, fez boa jogada pela esquerda e chegou até a linha de fundo. O atacante cruzou para a área e Moses, sozinho, aproveitou a jogada e marcou o gol da virada dos blues, que recolocou o Chelsea na liderança do Campeonato Inglês.

Fazendo um segundo tempo completamente diferente do primeiro, o Chelsea dominou o jogo e ditou a partida. O Tottenham pouco conseguiu criar e apenas se defendeu na maior parte da segunda etapa. Nos minutos finais, a equipe de Pochettino pressionou muitos os donos da casa, mas, sem sucesso, viu os blues reconquistarem o posto de líder da competição.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade