1 evento ao vivo

Nos acréscimos, United bate retranca do Hull City e vence a terceira seguida

27 ago 2016
15h43
  • separator
  • comentários

Embalado pela campanha perfeita até agora e pela grande estreia de Paul Pogba, o Manchester United venceu sua terceira no Campeonato Inglês. Com o resultado, os Red Devils mantiveram um tabu de 11 anos sem perder para os Tigres de Hull.

Repetindo a equipe da segunda rodada, os comandados de José Mourinho não tiveram vida fácil contra o recém promovido para a Premier League e até então 100% na competição. Com um bom toque de bola, o United viu boas atuações de suas novas estrelas Paul Pogba e Zlatan Ibrahimovic, além de um belo jogo de Juan Mata.

Após muita insistência e debaixo de muita chuva durante todo o jogo, o United conseguiu vencer o paredão formado pela defesa do Hull e marcou o gol da vitória com o jovem atacante Marcus Rashford já nos acréscimos.

Agora, assim como o Chelsea, o United chegou à terceira vitória em três jogos pelo Campeonato Inglês. Já o Hull City perde seu 100% de aproveitamento e estaciona nos seis pontos. Na próxima rodada, depois da data Fifa, o Hull irá enfrentar o Burnley fora de casa.

Já o United fará o derby de Manchester contra o City em casa, no Old Trafford, abrindo a quarta rodada da Premier League. O clássico marcará o reencontro dos técnicos rivais Jose Mourinho e Pep Guardiola - que já ficaram frente a frente no maior clássico espanhol, quando o português comandava o Real Madrid e o espanhol, o Barcelona.

O Jogo - Aos 10 minutos veio a primeira chance do Manchester. O francês Anthony Martial cruzou na área e o artilheiro Zlatan Ibrahimovic subiu mais que o marcador para cabecear forte por cima do gol.

Aos 23, Felainni fez falta dura e levou o cartão amarelo. Robert Snodgrass bateu com muita categoria e o chute passou próximo à trave direita de De Gea, que já estava batido.

Snodgrass continuou se destacando na partida. Em cruzamento de Robertson, o jogador tentou de peixinho, mas a bola foi interceptada pelo lateral Luke Shaw. No lance, o meia-atacante se chocou com a trave e ficou sentindo.

Aos 36, após drible espetacular de Juan Mata em cima de Robertson pelo lado direito, o espanhol bateu cruzado e o goleiro Jakupovic espalmou. De primeira, Wayne Rooney bateu mascado e a bola foi salva em cima da linha pelo zagueiro rival.

Já nos minutos finais, Ibrahimovic se adiantou para vencer o goleiro adversário e bater de calcanhar, sem ângulo, acertando o lado de fora da rede.

O primeiro arremate de perigo da etapa final veio aos 15 minutos. Em contra-ataque pelo meio, Rooney acionou Martial, que carregou a bola e chutou de fora da área, passando perto do gol de Jakupovic. Foi o último lance do francês, substituído na sequência por Mkhitaryan.

Com gás renovado, Mkhitaryan conseguiu duas boas arrancadas e foi parado apenas com falta. Na primeira oportunidade, Ibra cobrou de muito longe na barreira e Pogba, na segunda chance, assustou com uma cobrança colocada.

Aos 33, Rashford fez ótima jogada e bateu por baixo das pernas do zagueiro para defesa milagrosa de Jakupovic. Na sequência, em jogada de Pogba pela direita, a bola foi desviada por um defensor e quase entrou.

Já aos 41, o lateral Shaw roubou uma bola na pequena área e tocou para Rashford, que acionou Mkhitaryan. O armênio dominou e chutou forte, sendo travado pela defesa rival.

A grande pressão final, sempre com intervenção de Jakupovic, deu frutos já nos acréscimos. Em bela jogada de Rooney pela direita, o jovem Marcus Rashford, de 18 anos, apareceu sozinho no meio da área para marcar o gol da vitória.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade