1 evento ao vivo

Ronaldinho arrasa São Paulo, e Atlético-MG vence na volta à Libertadores

13 fev 2013
23h50
atualizado em 14/2/2013 às 01h19
  • separator
  • 0
  • comentários

Treze anos depois, o Atlético-MG voltou a disputar uma Copa Libertadores. E a estreia foi com vitória. Nesta quarta-feira, a equipe alvinegra foi comandada por Ronaldinho e derrotou o São Paulo por 2 a 1, no primeiro jogo da fase de grupos. Com o resultado, o time de Belo Horizonte assume a liderança da Chave 3, que conta também com The Strongest, da Bolívia, e Arsenal, da Argentina.

Jô felicita Ronaldinho, a grande estrela da noite em Belo Horizonte
Jô felicita Ronaldinho, a grande estrela da noite em Belo Horizonte
Foto: EFE

O camisa 10 foi o grande nome da partida disputada no Independência. Ronaldinho fez grandes jogadas e deu passe para os dois gols do Atlético-MG, marcados por Jô e Réver. Já o São Paulo teve um primeiro tempo nulo e, quando buscava a reação depois do intervalo, viu o astro decidir novamente e fazer a jogada do segundo gol. Aloísio descontou no final do jogo.

A partida marcou também a reestreia de Diego Tardelli com a camisa atleticana, após conseguir seu desligamento do Al-Gharafa. O atacante foi escalado na ponta direita, enquanto Bernard ficou pela esquerda e Jô atuou como centroavante. Com isso, conseguiram pressionar a equipe do São Paulo e obter contra-ataques.

Já o time paulista veio com seu time principal e Douglas na ponta direita. A posição, que é problema para Ney Franco desde a saída de Lucas, já viu nomes como Aloísio e Cañete a ocuparem.

O jogo

O São Paulo começou o jogo mais ativo, mantendo a posse de bola e buscando passar pela marcação do Atlético-MG. A equipe da casa, entretanto, era quem ameaçava mais, e iria dominar a etapa inicial. Aos 8min, Ronaldinho cobrou falta, Jô desviou e Rogério Ceni mandou para fora de manchete.

A dupla atleticana iria aparecer bem novamente cinco minutos depois, desta vez com gol. Em cobrança de lateral, Ronaldinho aproveitou bobeira são-paulina para ficar sozinho no ataque, recebeu bola na ponta direita e cruzou para Jô abrir o placar.

Leandro Donizete protege bola da presença de Rhodolfo, o destaque negativo pelo lado do São Paulo
Leandro Donizete protege bola da presença de Rhodolfo, o destaque negativo pelo lado do São Paulo
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG / Divulgação

A equipe paulista pareceu ter sentido o gol e viu os atleticanos apertarem em busca do segundo. Demorou alguns minutos até que o jogo se equilibrasse e, quando isto ocorreu, o Atlético-MG quase marcou novamente. Bernard arrancou veloz contra-ataque, arrematou nas mãos de Ceni e viu Tardelli finalizar o rebote para fora.

A partida voltou mais equilibrada no segundo tempo, com o Atlético-MG não conseguindo manter o ritmo. Após alguns minutos, Ney Franco fez a primeira mudança, ao sacar Paulo Miranda (que havia recebido o cartão amarelo) para a entrada de Aloísio. A equipe tricolor melhorou e enfim começou a finalizar.

Aos 20min, Luís Fabiano recebeu bola pela esquerda, bateu forte e viu Victor fazer grande defesa. A resposta de Cuca a esse momento bom do São Paulo foi sacar Tardelli e mandar Luan para dar novo fôlego. Já no time visitante, Ganso entrou no lugar de Jadson. Aos 25min, nova grande chance são-paulina, e o goleiro atleticano impediu que Aloísio marcasse.

Se o São Paulo não fazia seu gol, o time da casa ampliou. Aos 27min, Ronaldinho fez grande jogada pela direita, ignorou a marcação de Ganso e Wellington e cobrou na cabeça de Réver. O zagueiro subiu mais alto que Rhodolfo e desviou para o gol. A última cartada do time visitante para reacender a reação foi a entrada de Maicon no lugar de Wellington. Aos 37min, Aloísio foi lançado por Luís Fabiano e descontou com forte chute, mas não houve tempo para buscar o empate.

Ficha técnica

ATLÉTICO-MG 2 x 1 SÃO PAULO

Gols
ATLÉTICO-MG:
Jô, aos 13min do 1º tempo, e Réver, aos 27min do 2º tempo
SÃO PAULO:
Aloísio, aos 37min do 2º tempo

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Junior Cesar; Pierre e Leandro Donizete; Bernard (Richarlyson), Ronaldinho e Diego Tardelli (Luan); Jô (Alecsandro)
Treinador: Cuca

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Lúcio, Rhodolfo e Cortez; Wellington (Maicon) e Denílson; Douglas (Aloísio), Jadson (Ganso) e Osvaldo; Luís Fabiano
Treinador: Ney Franco

Cartões amarelos
ATLÉTICO-MG: Luan
SÃO PAULO: Lúcio, Paulo Miranda e Jadson

Árbitro
Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Local
Estádio Independência, em Belo Horizonte (BH)

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade