0

Loss vê trio de novatos pronto para ajudar o Corinthians em 2017

29 dez 2016
09h00
atualizado às 09h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Com a expectativa de ser confirmado como auxiliar de Fábio Carille após a Copa São Paulo, o técnico Osmar Loss já conhece bem alguns dos jogadores com quem trabalhará no time profissional do Corinthians. O zagueiro Léo Santos, os laterais Léo Príncipe e Guilherme Arana, os volantes Warian e Marciel, o meia Rodrigo Figueiredo e o atacante Léo Jabá foram comandados pelo gaúcho na equipe sub-20.

Para Loss, os jogadores revelados por ele que ainda não receberam muitas oportunidades na equipe principal poderão ter bastante utilidade para o técnico Fábio Carille em 2017. Os últimos a ascender foram Léo Jabá, Rodrigo Figueiredo e Warian, que esperam ser a solução caseira para os problemas financeiros que o Corinthians enfrenta para se reforçar.

"São jogadores conscientes do que podem evoluir e que merecem essa oportunidade", avalizou Loss, começando os seus elogios ao trio de novatos por Léo Jabá, o único deles que já recebeu chances de jogar - participou de um amistoso contra o ABC em 2015 e enfrentou Internacional e Cruzeiro em 2016. "Ele tem muita força, arranque, velocidade. É um atacante que sabe fazer gols, e não só dar assistências", avisou o treinador.

Quando passou a falar de Rodrigo Figueiredo, Loss alargou ainda mais o sorriso que mantinha no rosto. "Muitos aqui acham que a nossa derrota para o Botafogo se deveu à ausência dele, que estava machucado", disse, referindo-se ao vice-campeonato brasileiro sub-20 deste ano. "O Rodrigo tem qualidade técnica acima da média. Ele amadureceu aos poucos. Está no Corinthians desde os 17 anos (hoje, tem 20), crescendo as suas partes física e mental. O grande pulo de qualidade aconteceu no último ano", acrescentou.

Já Warian conta com a vantagem de atuar em uma posição mais carente no elenco do Corinthians. Para a função de primeiro volante, Carille dispõe do veterano Cristian, que já não goza da mesma idolatria da torcida de outros tempos, e de Jean, que veio do Paraná no segundo semestre e ainda não se firmou. Willians não deixou saudades ao retornar para o Cruzeiro após o seu empréstimo.

"O Warian é um jogador que veio do Remo e que possui um poder de combate altíssimo. Vou reproduzir uma fase dele para o Maycon, que estava pendurado desde o terceiro jogo nosso na última Copinha: 'Pode jogar, que eu marco por nós dois'. E aconteceu isso. O Maycon era o grande pilar da equipe e não tomou mais cartão. Com essa frase, digo o que é o Warian", enalteceu o futuro auxiliar de Fábio Carille, recordando agora a campanha que culminou no vice-campeonato da Copa São Paulo de 2016.

Além do trio, Osmar Loss reencontrará outras das suas revelações no elenco profissional. O volante Maycon, mencionado por ele, voltará de empréstimo para a Ponte Preta, enquanto muitos dos atletas que disputarão a Copinha de 2017 com o técnico gaúcho já vislumbram uma promoção. O meia Mantuan e o atacante Carlinhos são dois dos que já tiveram a experiência de treinar time de cima.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade