1 evento ao vivo

Marlone e Giovanni Augusto são dúvidas para encarar o Novorizontino

13 fev 2017
12h03
atualizado às 12h03
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico Fábio Carille retomou os trabalhos com o grupo de jogadores do Corinthians nesta segunda-feira e já teve de se deparar com duas dúvidas para a partida contra o Novorizontino, marcada para quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no estádio de Itaquera, pela terceira rodada do Campeonato Paulista: os meias Giovanni Augusto e Marlone, que nem sequer apareceram no gramado do CT Joaquim Grava.

O caso que mais preocupa é o de Giovanni, que não treina com bola desde a semana passada. O jogador entrou em campo como titular na vitória por 1 a 0 sobre a Caldense, em Poços de Caldas, pela Copa do Brasil, mas depois reclamou de desconforto muscular na coxa direita. Fora da derrota por 2 a 0 para o Santo André, em Itaquera, ele deu lugar a Marquinhos Gabriel na armação da equipe pela direita.

Já Marlone sentiu dores na coxa esquerda no segundo tempo do embate contra a equipe do ABC Paulista e, como o time já perdia por 1 a 0, deu lugar a Kazim. O inglês naturalizado turco entrou como centroavante e jogou Jô para o lado direito do ataque, formação que Carille já havia ensaiado nos poucos minutos em que o europeu esteve em campo no clássico contra o São Paulo, pela Copa da Flórida.

Atrapalhado pela expulsão de Kazim ainda no primeiro tempo naquela ocasião, o comandante já deixou claro que acredita ser possível a utilização de Jô mais aberto. Além disso, assegurou que não abrirá mão de atuar com atletas abertos pelos lados no ataque. Dessa forma, é possível que o camisa 7 seja experimentado um pouco mais recuado enquanto o ex-Coritiba fizer a função de centroavante.

Outra possibilidade seria uma simples substituição de Marlone por Romero, paraguaio que já está acostumado a jogar nas pontas. Léo Jabá, outro que poderia fazer a função, retornou nesta segunda do Sul-Americano sub-20, disputado no Equador, e ganhará alguns dias de folga ao lado do zagueiro Léo Santos, do lateral esquerdo Guilherme Arana e do volante Maycon, todos a serviço da Seleção da categoria.

Outros setores podem receber mudanças, como o meio-campo, local de disputa intensa entre Fellipe Bastos e Camacho, e a lateral esquerda, que tem Marciel, volante de origem, em alta com o treinador após as boas atuações no início de ano. A definição sobre quem atua, no entanto, só sairá após o trabalho desta terça-feira, no CT Joaquim Grava, quando os titulares voltarem a trabalhar com bola.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade