7 eventos ao vivo

Miranda não vê Uruguai diferente em função da ausência de Suárez

20 mar 2017
20h02
  • separator
  • comentários

Habitualmente sério, o zagueiro Miranda não esboçou abrir um sorriso quando lhe lembraram que o Uruguai atuará desfalcado do seu grande astro, o atacante Luis Suárez, diante da Seleção Brasileira. Para o defensor da Internazionale, da Itália, o adversário da noite de quinta-feira, em Montevidéu, oferecerá as mesmas dificuldades de quando conta com o companheiro de Neymar no Barcelona, da Espanha.

"O estilo de jogar do Uruguai não muda muito, com ou sem o Suárez. É natural que tenha uma perda sem ele, mas a filosofia é a mesma. Eles disputam todas as bolas, são aguerridos. Estamos preparados para enfrentar esse tipo de adversário", advertiu Miranda, lembrando também que o oponente terá o centroavante Edinson Cavani, estrela do Paris Saint-Germain, da França.

O respeito é recíproco. Afinal, a Seleção Brasileira embalou nas Eliminatórias para a Copa do Mundo sob o comando de Tite, com seis vitórias consecutivas. A equipe nacional lidera a competição com 27 pontos - o Uruguai aparece no segundo lugar, com 23 - e possui o ataque mais produtivo (com 28 gols) e a defesa menos vazada (9) entre os concorrentes.

"Do outro lado, os atacantes deles terão a motivação de enfrentar a melhor defesa das Eliminatórias. Da nossa parte, esses números transmitem segurança. Vamos procurar manter o nível de concentração alto para fazer um grande jogo", pregou Miranda, exaltando o Brasil. "Essa é uma Seleção organizada, que não desiste enquanto não recupera a bola, que sabe descansar com a bola nos pés e que é mentalmente muito forte."

É por todos esses atributos que Miranda diz não se preocupar com a presença de Suárez ou de qualquer outro jogador. "O Uruguai é um adversário forte e jogará em um estádio histórico (o Centenário), mas sabemos do nosso profissional. Hoje, o que mais preocupa é a Seleção Brasileira estará no nível da Seleção Brasileira. Respeitamos o adversário, mas pensamos no nosso trabalho primeiro. Vamos para lá para buscar a vitória", avisou o zagueiro.

Pela Seleção Brasileira, o técnico Tite também terá um desfalque considerável no ataque. Gabriel Jesus, artilheiro do time nas Eliminatórias, com cinco gols, e destaque do inglês Manchester City, está em recuperação de uma fratura no dedo mínimo do pé direito.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade