PUBLICIDADE

Relembre os 10 maiores jogos da carreira de Ronaldo

4 mar 2009
10h57 atualizado às 12h37
10h57 atualizado às 12h37
Publicidade

A possível estréia de Ronaldo pelo Corinthians, no interior goiano, contra o Itumbiara, se tornará mais um importante capítulo em sua trajetória no futebol. Recheada por títulos, glórias e dramas, a carreira do atacante registra, ainda, uma infinidade de partidas em que foi decisivo.

» Veja fotos de Ronaldo
» Reveja os dez gols mais bonitos de Ronaldo
» Corinthians estréia na Copa do Brasil com Ronaldo na reserva
» Entre herói e celebridade,
Ronaldo arrasa imagem

» Comente a volta de Ronaldo

O camisa 9 estará no banco de reservas da equipe comandada pelo técnico Mano Menezes, nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), pela primeira fase da Copa do Brasil.

Abaixo, o Terra apresenta aqueles que foram os dez maiores jogos da carreira de Ronaldo.

Campeonato Brasileiro, 1993: Cruzeiro 6 x 0 Bahia
Com apenas 17 anos, Ronaldo ainda era um adolescente, mas já se comportava como um gigante. Contra o Bahia, no Mineirão, fez cinco gols na vitória por 6 a 0. Um deles, marcado enquanto o goleiro uruguaio Rodolfo Rodríguez amarrava a chuteira, entrou para a história. O abusado cruzeirense apanhou a bola do chão e mandou para as redes.

Olimpíada de Atlanta, 1996: Brasil 4 x 2 Gana
O Brasil perdeu a chance de ouro nas semifinais, mas a atuação de Ronaldo no jogo de quartas-de-final entrou para a história. A Seleção perdia por 2 a 1 e o atacante entrou em ação, decretando a virada e a classificação com dois gols em seis minutos.

Campeonato Espanhol, 1996/1997: Atlético de Madrid 2 x 5 Barcelona
Naquela que provavelmente foi a sua melhor temporada, Ronaldo fez 34 gols no Campeonato Espanhol e foi artilheiro absoluto. Contra o Atlético de Madrid, fora de casa, o brasileiro fez três dos cinco gols na implacável goleada do Barcelona.

Copa das Confederações, 1997: Brasil 6 x 0 Austrália
A dupla com Romário na Seleção Brasileira foi uma das grandes marcas na carreira de Ronaldo, embora não tenha se concretizado em Copa do Mundo. Na decisão da Copa das Confederações, em 1997, ela teve seu auge. Contra a Austrália, no jogo que ficou marcado por todo o elenco ter a cabeça raspada, Ronaldo fez três gols.

Copa da Itália, 1998: Inter de Milão 3 x 0 Piacenza
O jogo em si não era uma grande decisão, mas Ronaldo brilhou com intensidade, fez três gols e recebeu da imprensa italiana, naquele dia, o apelido de Fenômeno, que marcaria sua passagem pela Itália e o acompanharia pelo resto da carreira.

Final da Copa da Uefa, 1998: Inter de Milão 3 x 0 Lazio
Contra a Lazio em uma decisão italiana na Copa da Uefa, Ronaldo deu show com a camisa da Inter de Milão e conquistou seu primeiro título na Itália. Caçado em campo, teve participação decisiva na vitória por 3 a 0. Para coroar sua atuação, humilhou o goleiro Marchegiani, pedalando três vezes e o deixando no chão antes de finalizar.

Semifinal da Copa do Mundo, 1998: Brasil 1 x 1 Holanda (4x2 nos pênaltis)
O gol contra os holandeses, que tentavam a todo custo derrubá-lo na grande área, foi apenas um capítulo da grande partida de Ronaldo na semifinal da Copa, pondo o Brasil na decisão graças ao desempenho posterior de Taffarel nas penalidades. Ronaldo, aliás, fez o seu na série de cobranças.

Final da Copa do Mundo, 2002: Brasil 2 x 0 Alemanha
Em sua grande volta por cima na carreira, Ronaldo assombrou a Ásia e o mundo com sua atuação na decisão da Copa, em que fez oito gols. A dobradinha na decisão contra a Alemanha valeu o quinto título mundial da Seleção Brasileira.

Final do Mundial de Clubes, 2002: Real Madrid 2 x 0 Olímpia (PAR)
Eleito o melhor em campo na volta ao Yokohama Stadium, palco da final da Copa do Mundo, Ronaldo fez o gol decisivo para o título de Mundial Interclubes do Real Madrid sobre os paraguaios do Olímpia. Foi seu título mais importante com a camisa do clube merengue.

Campeonato Italiano, 2008: Milan 5 x 2 Napoli
Em sua melhor atuação com a camisa do Milan, Ronaldo brilhou ao lado de Kaká e Alexandre Pato, que fazia sua estréia. O Napoli já vinha com uma equipe muito forte, mas o centroavante mostrou aos milaneses que ainda podia causar impacto. Anotou dois gols e levantou o público no San Siro.

Pelo Barcelona, Ronaldo viveu uma de suas melhores fases na carreira
Pelo Barcelona, Ronaldo viveu uma de suas melhores fases na carreira
Foto: Getty Images
Fonte: Redação Terra
Publicidade