2 eventos ao vivo

Riquelme contesta Sergio Ramos: "Na América, não faria tantos gols"

14 mar 2017
08h20
atualizado às 08h20
  • separator
  • comentários

Juan Roman Riquelme, um dos maiores ídolos do Boca Juniors concedeu uma entrevista ao Canal 13, da Argentina. Entre os assuntos, o meia falou sobre Sergio Ramos, zagueiro goleador do Real Madrid , seleção argentina e sua despedida dos gramados.

No último domingo, o Real Madrid ia se complicando na briga pela liderança do Campeonato Espanhol em partida contra o Betis. Quando o jogo estava empatado por 1 a 1, Sergio Ramos mostrou seu poder de decisão e anotou mais um gol importante pelos merengues . Para Riquelme, porém, se o espanhol jogasse na América do Sul, não balançaria as redestantas vezes.

"Na América do Sul, a marcação é diferente. Não deixariam Sergio Ramos avançar livre e fazer tantos gols. Acredito que Godín (zagueiro do Atlético Madrid), não cabecearia tanto", afirmou o argentino, antes de falar sobre a seleção argentina e a ausência de Lionel Messi.

"Argentina sem o Messi é uma equipe normal. Mas isso é lógico, ele é o melhor jogador do mundo. Aconteceria a mesma coisa se o Real Madrid perdesse Cristiano Ronaldo", completou o ex-meia argentino.

Por fim, Riquelme falou sobre seu jogo de despedida dos gramados. Aposentado, o ex-craque fará uma despedida oficial do futebol em dezembro, em partida amistosa na Bombonera, estádio do Boca Juniors.

"Não sinto falta de jogar aos domingos, já acabou. Não me animo a entrar em campo, vejo os vídeos e acho que é outra pessoa. Ao mesmo tempo, vai ser a última vez que entrarei na Bombonera, então não quero que esta partida chegue", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade