PUBLICIDADE

Ronaldo passou em branco nos dois jogos contra Corinthians

4 mar 2009
11h22 atualizado às 11h34
11h22 atualizado às 11h34
Publicidade

Prestes a estrear com a camisa do Corinthians, o atacante Ronaldo já enfrentou o time alvinegro duas vezes na carreira, quando atuava pelo Cruzeiro, no Campeonato Brasileiro de 1993. O jogador, no entanto, não balançou a rede da sua atual equipe, para alegria dos que hoje torcem por seu sucesso no Parque São Jorge.

» Veja fotos de Ronaldo
» Reveja os dez gols mais
bonitos de Ronaldo

» Relembre os 10 maiores
jogos da carreira de Ronaldo

» Corinthians estréia na Copa
do Brasil com Ronaldo na reserva

» Comente a volta de Ronaldo

No primeiro duelo, realizado em um feriado (7/9/1993), o Cruzeiro recebeu o Corinthians no Mineirão, com Ronaldo como titular, e perdeu o confronto por 2 a 0 - gols de Tupãzinho e Leandro Silva. O atacante teve uma atuação regular, sem marcar e ser repreendido pelo árbitro da partida, Renato Marsiglia.

Naquela partida, o Cruzeiro jogou com: Paulo César; Paulo Roberto Costa, Célio Lúcio, Luisinho e Nonato; Ademir (Edenílson), Douglas, Boiadeiro e Luís Fernando Flores; Ronaldo e Roberto Gaúcho. Já o Corinthians atuou com: Hugo; Leandro Silva, Marcelo Dijan, Henrique e Admílson; Zé Elias (Embu), Ezequiel, Marcelinho Paulista (Elias) e Tupãzinho; Válber e Rivaldo.

Dois meses depois, no dia 10 de novembro de 1993, Ronaldo e Corinthians voltaram a se encontrar, desta vez, no Pacaembu, com os alvinegros levando a melhor outra vez - 2 a 1, com gols de Válber e Rivaldo para os mandantes e Edenílson para os visitantes. Como na primeira partida, Ronaldo não teve destaque.

Nesse jogo, o Corinthians tinha Ronaldo; Leandro Silva, Baré, Embu e Elias; Zé Elias, Ezequiel, Simão (Tupãzinho) e Válber; Viola (Leto) e Rivaldo. O Cruzeiro atuou com Sérgio; Paulo Roberto Costa, Toninho, Róbson e Nonato; Ademir, Boiadeiro, Rogério Lage (Luís Fernando Flores) e Macalé; Zelão (Edenílson) e Ronaldo.

Fonte: Redação Terra
Publicidade