0

Brasil Sub-17 tenta feito inédito na história de Sul-Americanos da base

25 mar 2013
12h12
atualizado às 12h12
  • separator
  • comentários

Dono dos últimos quatro títulos do Sul-Americano Sub-17, o Brasil tem a chance de alcançar, no próximo mês, um feito inédito na história de todos os Sul-Americanos de base: se transformar no primeiro país a obter o pentacampeonato consecutivo, o que jamais ocorreu no Sub-15, Sub-20 ou no próprio Sub-17. 

<p>Lulinha foi destaque da Seleção Sub-17 em 2009</p>
Lulinha foi destaque da Seleção Sub-17 em 2009
Foto: Getty Images

O Brasil tem amplo domínio na categoria juvenil e, de 14 edições do torneio, venceu 10. Argentina, com dois, além de Bolívia e Colômbia, foram os demais campeões. A sequência do atual tetra brasileiro teve início em 2005 com o time que tinha como destaques o ex-cruzeirense Kerlon, hoje no Japão, e o ex-gremista Anderson, atualmente no Manchester United. Marcelo, lateral do Real Madrid, também defendia o time. 

Com direito a 12 gols de Lulinha e outros sete de Fábio, irmão gêmeo de Rafael, a Seleção Sub-17 levou o bi do Sul-Americano em 2007, pouco antes de fracassar nos Jogos Pan-Americanos e também no Mundial da categoria. Já em 2009, com Neymar dispensado para servir o Santos, a Seleção foi campeã com nomes como Phillipe Coutinho, o lateral Dodô e também o volante Fernando, do Grêmio. 

Já em 2011, o tetracampeonato foi alcançado em uma campanha marcada por alguns percalços e os destaques de Adryan, do Flamengo, Lucas Piazon, então no São Paulo, e Léo Bonatini, que era do Cruzeiro e hoje defende a Juventus, da Itália. Entre as quatro campeãs sul-americanas, a que teve melhor desempenho no Mundial foi a equipe de 2005, vice-campeã. 

 

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade