0

Brasil vira sobre o anfitrião Paraguai e assume liderança do Hexagonal

27 mar 2015
00h12
atualizado às 00h12
  • separator
  • comentários

A Seleção Brasileira assumiu a liderança do Hexagonal Final do Campeonato Sul-Americano sub-17. Na noite desta quinta-feira, os comandados de Caio Zanardi mediram forças com o anfitrião Paraguai e triunfaram por 3 a 2, de virada. Os gols canarinhos no estádio Nicolás Leoz, em Assunção-PAR, foram marcados por Andrey e Leandro, duas vezes. Aranda e Caíque, contra, anotaram para a representação guarani.

Com o resultado, o Brasil chega aos nove pontos, trilhando uma campanha de três vitórias e uma derrota, distando duas unidades da Argentina. A rival alviceleste acabou superada pelo Uruguai, na partida que encerrou as atividades, por 2 a 1. Os gols da Celeste Olímpica foram de Mederos e Fernández. Palacios descontou.

Na partida que inaugurou a quarta rodada, o Equador derrotou a lanterna Colômbia por 2 a 1. A seleção cafeteira é a próxima oponente dos canarinhos, que voltam a campo neste domingo, às 20 horas (de Brasília), em Luque-PAR.

O jogo - Atuando em seus domínios, o Paraguai, empurrado pelos torcedores presentes em Assunção, inaugurou o placar logo no sétimo minuto. Aranda arriscou de longe e contou com uma falha do goleiro Juliano para balançar a rede verde e amarela. Todavia, a Seleção Brasileira empatou com 37 jogados. Também em arremate à longa distância, Andrey superou Meza e comemorou.

Motivados com a igualdade alcançada, os canarinhos viraram o compromisso quando o relógio apontou a marca dos 42. Após boa triangulação com Andrey, Kleber invadiu a área com tranquilidade e serviu Leandro, que não desperdiçou, concluindo com frieza e precisão.

Os guaranis conseguiram a igualdade aos 22 minutos, em gol contra de Caíque, após cruzamento do setor esquerdo. Porém, acionado por Matheus Pereira no costado da marcação mandante, Leandro mostrou oportunismo e arrematou com categoria para decretar a virada visitante, anotando seu segundo gol na noite. Nos instantes finais, o Paraguai ainda acertou o travessão.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade