0

Vampeta ironiza preço de ingresso de Audax x São Paulo

31 jan 2017
08h05
atualizado às 08h59
  • separator
  • comentários

Muitas vezes polêmico em suas declarações, Vampeta, presidente do Grêmio Osasco Audax, voltou a afirmar que não irá abaixar o preço do jogo contra o São Paulo, na estreia do Campeonato Paulista, no próximo domingo. Em evento de apresentação do elenco do time de Osasco, realizado nesta segunda-feira, o mandatário ironizou a situação.

"Depois do jogo Audax e São Paulo quero que todos vejam os valores dos preços dos jogos do São Paulo quando o time for à Lins, Novo Horizonte, Sorocaba… ver se o ingresso vai ser R$ 10. Se for, eu coloco uma camisa rosa e ando pela Avenida Paulista", brincou Vampeta em conversa com a Gazeta Esportiva.

Contra o Audax, em Barueri, o técnico Rogério Ceni fará sua estreia oficial no comando do São Paulo
Contra o Audax, em Barueri, o técnico Rogério Ceni fará sua estreia oficial no comando do São Paulo
Foto: Igor Amorim/SPFC

Com uma rivalidade com o São Paulo que vem desde sua época como jogador do Corinthians, o presidente não teme um possível "boicote" da torcida tricolor. A partida marcará a estreia do técnico Rogério Ceni sob o comando da equipe em uma partida oficial no Brasil - o treinador já conquistou a Copa Flórida, torneio de pré-temporada.

"Tem uma rivalidade minha com o São Paulo, da minha época de atleta, então não torço para o São Paulo. E o preço está dentro daquilo que se cobram", avaliou o presidente.

Nos últimos dias, além da polêmica sobre os ingressos, Vampeta também surpreendeu ao contratar o jovem Heltton, que ficou conhecido por adulterar sua identidade na Copa São Paulo de Futebol Júnior. O presidente acredita que o atleta merece uma segunda chance, e afirmou não estar conversando com mais nenhum atleta do Paulista de Jundiaí.

"Não vou contratar, eu não trabalho no Paulista, trabalho no Audax. A única coisa que eu fiz com o Heltton foi dar uma chance para ele. Ele sabe que errou, que falhou, é um ato dele. Agora, tem que pedir desculpas ao clube, aos colegas, ao município, e nós só estamos dando oportunidade para ele recomeçar a carreira", afirmou.

Finalista do Estadual em 2016, o Audax acabou perdendo o título para o Santos, depois de eliminar São Paulo e Corinthians nas fases anteriores. Mesmo com apenas seis atletas remanescentes do elenco vice-campeão, Vampeta acredita que a equipe pode voltar a surpreender.

"Eu sempre digo que primeiro pensamos em não cair, e se deixar vamos chegar na final. Temos alguns jogadores importantes como Francis, André Castro e Velicka, que permaneceram no elenco. Acreditamos no plantel e no trabalho do Fernando Diniz", finalizou o presidente Vampeta.

O Audax estreia no Campeonato Paulista no próximo domingo, quando enfrenta o São Paulo. Paralelo ao Paulistão, o clube de Osasco também irá disputar a Copa do Brasil pela primeira vez em sua história, estreando contra o América-RN, no dia 8 de fevereiro.

* Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade