0

Espanha x Holanda: Terra acompanha minuto a minuto

12 jun 2014
23h31
  • separator
  • comentários

A tabela da Copa do Mundo 2014 reservou para esta sexta-feira uma das partidas mais aguardadas da primeira fase da competição. Em uma reedição da final de 2010, na África do Sul, Espanha e Holanda estreiam às 16h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador, em um duelo chave que pode começar a definir a classificação entre os favoritos do Grupo B e, consequentemente, os duelos a partir das oitavas de final.

<p>Diego Costa pode ser titular entre os espanh&oacute;is</p>
Diego Costa pode ser titular entre os espanhóis
Foto: AFP

A reta final de preparação no Brasil seguiu caminhos diferentes para as duas seleções. Enquanto os holandeses aproveitaram a praia e a noite do Rio de Janeiro, tentando driblar seus problemas internos, os espanhóis se aquartelaram na fria Curitiba, esbanjando união e um clima de confiança total na busca pelo bicampeonato.

Depois de dois dias de treinos leves em solo brasileiro, a seleção espanhola treinou a portas fechadas na última quarta-feira, no CT do Caju, dando pistas, porém, de qual poderá ser a equipe titular na estreia. O técnico Vicente Del Bosque chegou ao país após os amistosos nos Estados Unidos com a principal dúvida na cabeça sem solução, mas começa a ensaiar a entrada do brasileiro Diego Costa como seu principal atacante.

Diante das formações testadas, Cesc Fábregas, que funcionaria como um falso 9, perdeu espaço, com a opção de um homem mais centralizado no setor. Desta forma, Diego Costa, que volta de lesão, mas garante estar 100%, e Fernando Torres seriam os mais cotados para a função. No caso do brasileiro, uma vitória pessoal diante da animosidade encontrada por parte da torcida local, que já entoou gritos de "traíra".

Em relação a 2010, poucas mudanças pelo lado espanhol. Dos 14 jogadores que atuaram naquela final, apenas Puyol, Capdevilla e Navas estão fora desta partida. Os holandeses mudaram mais, mas mantiveram a linha de ataque com Robben, Sneijder e Van Persie. "Os três jogadores de frente são o maior perigo. São craques mundiais. Robben é muito forte no contra-ataque. Temos que controlá-lo bem", afirmou o volante Javi Martinez, mais um que pode ganhar espaço durante o Mundial.

É exatamente a força deste ataque que está depositada a esperança da Holanda. Na África do Sul, o trio não conseguiu furar apenas a defesa da Espanha. Somados, já são 92 gols marcados com a camisa laranja, que mostram o poder de definição deste time. Atrás, no entanto, o momento é de renovação e a hora de colocar à prova a muralha que ajudou a garantir a vaga nas Eliminatórias com nove vitórias e um empate.

<p>Robben tentar&aacute; se redimir por erros na decis&atilde;o de 2010</p>
Robben tentará se redimir por erros na decisão de 2010
Foto: Getty Images

Mais uma vez o peso de comandar os holandeses estará nos ombros de Arjen Robben. Desta vez, com uma motivação a mais: curar a dor pela derrota de 2010. "Dói perder uma chance. Tenho uma memória especial de cada Copa que vi ou joguei, mas a África do Sul foi uma ótima competição. Para mim, foi um grande desapontamento perder a final", afirmou o jogador em entrevista à Fifa.

O confronto desta sexta-feira dá inicio ainda à luta para encerrar dois tabus. De um lado a Holanda segue na busca por seu primeiro título, deixando de ser apenas uma coadjuvante de luxo. De outro, a Espanha quer quebrar a maldição do bi. Desde 1962, com o Brasil, nenhuma seleção conquistou duas Copas seguidas.

FICHA TÉCNICA
ESPANHA X HOLANDA 

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA) 
Data: 13 de junho de 2014, sexta-feira 
Horário: 16h (de Brasília) 
Árbitro: Nicola Rizzoli (ITA) 
Assistentes: Renato Faverani (ITA) e Andrea Stefani (ITA) 

ESPANHA: Casillas; Azpilicueta, Ramos, Piqué e Alba; Xabi Alonso, Busquets, Pedro, Xavi e Iniesta; Diego Costa (Fernando Torres). 
Técnico: Vicente del Bosque 

HOLANDA: Janmaat, Vlaar, De Vrij e Martins Indi; Blind, De Jong, Clasie e Sneijder; Robben e Van Persie. 
Técnico: Louis Van Gaal

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade