0

Espanhóis destacam “Maracanazo” e "adeus pela porta de trás"

18 jun 2014
18h47
atualizado às 19h16
  • separator
  • comentários

A imprensa espanhola criticou duramente o vexame da seleção de seu país na Copa do Mundo de 2014. Os atuais campeões foram eliminados da competição na primeira fase, com uma rodada de antecedência, após derrotas para Holanda e Chile. As manchetes foram de "Maracanazo" até "nocaute histórico" após a derrota por 2 a 0 no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira.

Jornal AS compara elimanação espanhola com derrota do Brasil em 1950
Jornal AS compara elimanação espanhola com derrota do Brasil em 1950
Foto: AS / Reprodução

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

O jornal AS foi o responsável por comparar a eliminação espanhola com a derrota da Seleção Brasileira para o Uruguai em 1950. A manchete do site era "Maracanazo e adeus ao Mundial". Ainda foi ressaltado que a situação abre o debate sobre o fim do clico e sua sucessão na Espanha.

Já o Mundo Deportivo foi um dos mais negativos e disse que a "Espanha se despede pela porta de trás". A publicação fala que os chilenos foram mais rápidos e agressivos e ainda critica Vicente del Bosque, dizendo que suas alterações, deixar Pique e Xavi no banco, não surtiram efeito.

O Sport, tradicional jornal esportivo da catalunha, classificou como "nocaute histórico da Espanha". Eles afirmam que a derrota foi merecida e elogiaram Alexis Sánchez, jogador do Barcelona.

O Marca usou a expressão "Estrellados", que pode significar um tropeço em um obstáculo insuperável ou até mesmo bater violentamente contra uma superfície dura, que foi o que aconteceu com os atuais campeões do mundo. O site da publicação ainda disse que Vargas e Aránguiz mostraram as carências de uma seleção que pede aos gritos por uma mudança geracional.

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade