0

Inter libera, e Wellington Paulista é reforço do Coritiba

Atacante chega até terça-feira para realizar exames e assinar contrato de empréstimo até fim de 2015

30 jan 2015
18h21
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Wellington Paulista tem contrato com o Inter at&eacute; o final deste ano</p>
Wellington Paulista tem contrato com o Inter até o final deste ano
Foto: Getty Images

Fim da novela. Após mais de duas semanas de negociações, o Internacional liberou Wellington Paulista para acertar com o Coritiba. O vínculo é de empréstimo de um ano.

O acordo entre as partes estava encaminhado desde o dia 16 de janeiro. O clube paranaense acertou com o jogador e o empresário, e o clube colorado também já tinha dado o aval para transferência por não querer aproveitá-lo durante esta temporada.

Entretanto, uma pendência de luvas do atacante com o Inter brecou a negociação. O atleta só aceitava se transferir quando tudo fosse acertado - o valor era de aproximadamente R$ 1 milhão. Durante a semana, clubes do exterior também o sondaram e a negociação esfriou - mas nada foi proposto oficialmente. 

Nesta sexta-feira, entretanto, a dívida foi acertada e, com isso, a liberação para fechar com o Coritiba. "Agora só falta a burocracia da documentação", afirma Alexandre Oliveira, empresário do centroavante. A expectativa é de que Wellington Paulista chegue no início da próxima semana para realizar os exames médicos e assinar contrato. "Acredito que até terça-feira esteja em Curitiba", completou o agente.

O salário do atacante gira em torno de R$ 250 mil e o time paranaense vai bancar R$ 100 mil, diferente da ideia anterior de o Coritiba pagar integralmente com a redução do salário para R$ 150 mil. Essa parte, aliás, foi um dos assuntos resolvidos com o Inter para acertar a pendência. "Prefiro não entrar nessa parte salarial", finalizou Oliveira.

No time do Beira-Rio, Wellington Paulista fez 42 partidas entre Estadual, Copa do Brasil, Copa Sul-Americana e Campeonato Brasileiro. Ao todo marcou 10 vezes e deu duas assistências para gol.

Fonte: PGTM Comunicação - Especial para o Terra PGTM Comunicação - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade