1 evento ao vivo
Logo do Olimpíada 2016
Foto: terra

Olimpíada 2016

Os anunciantes aqui reunidos não possuem relação com os Jogos Rio 2016 e patrocinam apenas este caderno especial.

Higor Alves obtém índice para o Rio 2016 e Duda aguarda vaga como cotista

1 jul 2016
19h02
  • separator
  • comentários

Surpresa define o que foi o segundo dia do Troféu Brasil de Atletismo, última competição que serve como seletiva para as Olimpíadas do Rio de Janeiro. Na tarde desta sexta-feira, Higor Alves faturou o título nacional do salto em distância com a marca de 8,19m, superando em quatro centímetros o índice olímpico, que não foi atingido pelo bicampeão mundial indoor, Mauro Vinícius da Silva, o Duda.

O favorito a vencer a prova terminou com a medalha de prata ao saltar 8,03m. Duda, agora, torce para permanecer entre os 32 melhores do ranking olímpico para disputar os Jogos como cotista. Os celebrados serão conhecidos no dia 12 de julho.

Higor chegou aos 8,19m logo em sua primeira de seis tentativas, registrando a melhor marca de sua carreira. O recorde anterior do atleta -8,18m - havia sido conquistado em 2014. Duda, por sua vez, abriu a série com um voo de 8,03m, assumindo a segunda posição. Precisando saltar 8,15m para obter a vaga no Rio 2016, o bicampeão mundial indoor queimou dois saltos na sequência. Na derradeira oportunidade, abortou antes mesmo de pular, encerrando sua participação sem o índice.

Mesmo assim, Duda pode integrar o Time Brasil no Rio 2016. Isso porque ele ficou a um centímetro do índice no Super Salto, disputado em fevereiro, e é o primeiro do ranking fora da zona classificatória. As 32 vagas para cotistas foram estabelecidas pela Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade