6 eventos ao vivo

Cavaleiro brasileiro é suspenso pela FEI por doping de seu cavalo

10 abr 2017
18h18
atualizado às 18h18
  • separator
  • comentários

Marlon Zanotelli terá que cumprir uma suspensão provisória de dois meses imposta pela Federação Equestre Internacional (FEI). O motivo para a pena é que o cavalo do brasileiro, Sirene de la Motte, foi flagrado no exame antidoping pelo uso da substância Esparteína, detectado durante a disputa de uma competição em Vilamoura, Portugal.

A sanção foi aplicada na última semana e divulgada ao cavaleiro no último dia 5 de abril. Marlon Zanotelli agora aguarda julgamento do Tribunal da FEI para poder saber se tem permissão para voltar a competir.

Além do brasileiro, outros cinco atletas foram pegos no exame antidoping: as norte-americanas Paige Johnson, Adrienne Lyle e Kaitlin Blythe, a uruguaia Victoria Goñi, e o italiano Giacomo Bassi. A suspensão também valerá por três meses.

O brasileiro Marlon Zanotelli é um dos principais nomes do Brasil no hipismo. O cavaleiro de 28 anos já representou o país nos Jogos Equestres Mundiais de 2014 e nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em 2015, ambos na equipe de saltos. O atleta, porém, ficou fora da disputa dos Jogos Olímpicos de 2016.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade