3 eventos ao vivo
Logo do Botafogo
Foto: terra

Botafogo

ATUAÇÕES: Camilo, João Paulo e Bruno Silva se destacam em vitória

Trio do meio-campo teve bom rendimento no triunfo do Glorioso no Atanasio Girardot, em Medellín. Além deles, Rodrigo Pimpão também se destacou com movimentação no ataque

14 abr 2017
00h48
atualizado às 00h48
  • separator
  • comentários

O Botafogo deu mais um passo importante para conseguir avançar na fase de grupos da Copa Libertadores. Nesta quinta-feira, o Glorioso mostrou sua força ao vencer o Atlético Nacional por 2 a 0, no Atanasio Girardot, em Medellín. Os destaques do triunfo foram Camilo - que encerrou o jejum de sete meses sem balançar as redes -, João Paulo, Bruno Silva e Pimpão. Confira, abaixo, as notas do LANCE! para jogadores e técnicos.

BOTAFOGO

6,0
Gatito Fernández

Inseguro nas saídas, mas ótimo no reflexo, fazendo grandes intervenções.

6,0
Emerson Santos

Com o Atlético Nacional jogando muito pelo seu setor, ficou preso na marcação.

6,0
Carli

Teve trabalho com Ruiz. Salvou um gol certo no primeiro tempo.

6,5
Emerson Silva

Como Carli, teve como ponto fraco as bolas aéreas. Na etapa final foi um leão no desarme.

6,5
Victor Luís

Jair o colocou bem recuado e ele foi bem na marcação. No fim, penou com Dájome. Mas deu conta do recado.

6,5
Rodrigo Lindoso

Fechou bem a defesa. O Atlético Nacional dominou, mas não conseguiu nada pelo meio.

7,0
Bruno Silva

Sua cobertura ao lateral Emerson Santos foi determinante para o sucesso defensivo do Botafogo.

7,0
João Paulo

Bom na marcação, anulando Macnelly Torres, e decisivo ao dar a assistência para o gol de Camilo.

7,0
Camilo

Bom na distribuição, no lance do gol fez grande jogada e apareceu para concluir, acabando com o jejum. Sumiu na etapa final. E saiu machucado.

7,0
Rodrigo Pimpão

Sua movimentação confundiu a marcação. Puxou contra-ataques e foi ativo nos melhores lances. Sentiu no início do segundo tempo, saiu e o time caiu.

5,5
Roger

Preso na marcação e um pouco lento, foi quem menos apareceu no setor ofensivo.

6,5
Guilherme

Entrou na vaga de Pimpão. Acabou muito isolado, pois o Botafogo se fechou na etapa final.

5,5
Fernandes

Tentou fazer a função de Camilo. Mas recebeu poucas bolas. Mais efetivo ao auxiliar a marcação.

5,5
Sassá

Entrou aos 30 minutos e, com o Botafogo todo na defesa, pouco tocou na bola.

7,0
Jair Ventura

Postou seu time na defesa, apostando em eventuais contra-ataques, buscando Pimpão. Conseguiu abrir o placar. Depois, ferrolho. Deu certo.

ATLÉTICO NACIONAL

6,0
Armani

O Botafogo acertou pouco o seu gol.

6,0
Bocanegra

Teve trabalho com Pimpão e Camilo caindo nas suas costas. Com a dupla fora, cresceu na etapa final, com perigosas finalizações.

6,0
Nájera

O substituto de Aguilar teve problemas para anular Pimpão. Apareceu com perigo no ataque.

6,5
Henríquez

Bom na cobertura.

7,0
Díaz

Excelente no apoio. Irregular na marcação.

6,5
Árias

Distribuiu bem as bolas.

6,0
Bernal

Algumas falhas na marcação. Apareceu bem no ataque. Saiu no Intervalo.

5,0
Macnelly Torres
O craque do time não estava inspirado.

5,0
Dayro Moreno
Improvisado pelo flanco, apareceu pouco.

7,0
Ibarguén
Rápido. Muito perigoso.

5,5
Ruiz

Apareceu mais quando Moreno jogou mais próximo à area.

6,5
Aldo Ramírez

Entrou na etapa final e deu maior velocidade ao time.

6,0
Dájome

Entrou na vaga de Nájera para ser o ponta direita.

-
Mosquera

Entrou no fim.

6,0
T. Rueda

Buscou o ataque. Foi ousado ao tirar um zagueiro e por um atacante. Mas seu time está pouco eficaz.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade