0
Logo do São Paulo
Foto: terra

São Paulo

Com duas mudanças, Ceni ensaia São Paulo para pegar o São Bento

Buffarini e Araruna devem ser as apostas do Mito para substituir os desgastados Bruno e Thiago Mendes. Chavez e Gilberto ficam de sobreaviso para serem utilizados

20 fev 2017
17h29
atualizado às 18h36
  • separator
  • comentários

Com apenas um dia para treinar a equipe entre o empate com o Mirassol e a quinta rodada do Campeonato Paulista, contra o São Bento, Rogério Ceni mudou sua rotina e deu mostras do time que deve ser titular nesta terça-feira, às 20h30. O técnico abriu dez minutos de seu trabalho tático na tarde desta segunda-feira e indicou duas mudanças em relação à última partida.

Saíram o lateral-direito Bruno e o meio-campista Thiago Mendes, ambos com desgaste físico, para as entradas de Buffarini e Araruna. Assim, o garoto Júnior vai para a quinta partida consecutiva como titular na lateral esquerda. Já Araruna, com cinco jogos no ano, começará um duelo em campo no time principal pela primeira vez na carreira.

A formação completa tinha Sidão, Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Júnior; João Schmidt, Araruna e Cícero; Luiz Araújo, Cueva e Pratto. Antes de iniciar o treino tático, Ceni ainda chamou Chavez e Gilberto para participarem de conversa para dar orientações sobre o sistema de jogo. Na sequência, ambos integraram o grupo de reservas, que fariam o mesmo exercício dos titulares.

A atividade visava estimular decisões rápidas dos jogadores. Os cinco atletas mais defensivos usavam coletes brancos e precisavam sair tocando com Sidão e manter a posse até passarem para Ceni e Lucão, que vestiam coletes azuis na linha do meio de campo. Já os cinco mais ofensivos precisavam apertar a marcação e definir assim que roubassem a bola.

Em um desses desarmes, Luiz Araújo ficou sozinho na área, mas quis ajeitar a bola antes de finalizar e ouviu bronca: "Dominar por quê? Não tem esse tempo na hora do jogo!". Cueva, por outro lado, tabelou com Pratto, deu linda finta entre Schmidt e Maicon, e bateu com categoria para vencer Sidão.

Em seguida, os jornalistas precisaram sair do CT da Barra Funda para o resto do treino. O treinador aproveitou para fazer espécie de coletivo contra os reservas e aprimorar as bolas paradas ofensivas e defensivas do time.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade