0
Logo do Corinthians
Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians

Corinthians

Contra proibições, Gaviões da Fiel faz protesto em frente à Assembleia

Torcida do Corinthians se manifestou contra veto a organizadas e seus adereços, como faixas, bandeiras e baterias. Cássicos de São Paulo tem torcida única há mais de um ano

20 abr 2017
19h06
atualizado às 20h03
  • separator
  • comentários

A Gaviões da Fiel, maior torcida organizada do Corinthians, realizou um protesto na tarde desta quinta-feira em frente à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). A manifestação foi contra as proibições nos estádios paulistas, que vigoram há mais de um ano. A punição começou depois da morte de um palmeirense por corintianos, em abril de 2016.

Dezenas de membros da Gaviões foram até a porta da Alesp, onde entoaram gritos de protesto contra as decisões do Ministério Público, da Secretaria de Segurança Público e da Federação Paulista de Futebol.

Atualmente, as uniformizadas não podem adentrar os estádios com adereços que as identifiquem, como faixas, bandeiras, instrumentos musicais, entre outros. A entrada de sinalizadores também é vetada, embora frequentemente os artefatos sejam acesos nas arquibancadas.

Em nota, a Gaviões informou que o vice-presidente da agremiação, Rodrigo González, e outros integrantes da torcida foram recebidos pela assessoria do deputado Olim, atual presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo. Segundo a organizada, a equipe do parlamentar ouviu as reivindicações e se comprometeu a apoiar a criação de uma comissão dentro da Alesp para estudar o caso.

"Os Gaviões da Fiel pretendem seguir com os atos até que seja criada uma comissão junto aos deputados que possa dialogar com as torcidas de São Paulo e que resulte na revisão da lei 14.590/2011 que dispõe sobre a identificação dos frequentadores dos jogos de futebol e também sobre o uso da bandeira nos estádios", destacou a organizada, em comunicado.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade