0

Corinthians marca gol contra bizarro, mas ataque brilha na Copa São Paulo

Com dois gols do artilheiro Carlinhos, time do técnico Osmar Loss vê erro fatal de João Vitor no finzinho, mas vence o Taubaté e fecha fase de grupos na liderança do grupo 17

8 jan 2017
19h10
atualizado às 19h14
  • separator
  • comentários

Classificado para enfrentar o Manthiqueira da cidade de Guaratinguetá na próxima fase da Copa São Paulo de Juniores, o Corinthians encerrou sua participação na primeira fase do torneio com uma vitória por 3 a 2 para cima do Taubaté, que também avançou e vai enfrentar o Coritiba. Os gols do time do técnico Osmar Loss foram marcados pelo artilheiro Carlinhos e por Guilherme Romão, enquanto Gabriel Itajubá e João Vitor, contra, anotaram pelos visitantes.

Carlinhos, aliás, chegou a seis gols marcados e é o principal goleador do Corinthians na Copa São Paulo de Juniores, com duas bolas na rede a cada jogo. A força ofensiva é a principal característica do Timão no torneio: foram 6 a 0 contra o Pinheiro-MA, 4 a 0 diante do Operário-MS e agora 3 a 1 contra o Taubaté. Ao todo, 13 gols marcados e apenas um sofrido.

Neste domingo, Carlinhos abriu o placar aos 15 minutos do primeiro tempo, após bola enfiada por Pedrinho por trás da zaga do Taubaté. O placar foi ampliado aos 36, em jogada ensaiada: cobrança de escanteio de Fabricio Oya, lançamento preciso de Mantuan, cruzamento de primeira de Pedrinho e gol oportunista de Carlinhos. De novo ele. O terceiro gol veio logo no início da etapa complementar, após corte mal sucedido da defesa e finalização de Guilherme Romão.

O Taubaté esboçou reação aos 29 do segundo tempo, empurrado pela torcida presente no Joaquinzão. Em saída errada de Filipe, Gabriel Itajubá marcou o gol de honra do time da casa, único sofrido pelo Corinthians na primeira fase. A partida ainda contou com um desentendimento entre Erick e Fabricio Oya, mas chamou atenção mesmo um gol contra bizarro marcado praticamente no último lance.

Após saída de bola no campo de defesa, o zagueiro João Vitor dominou, sofreu marcação sob pressão e tentou recuar para o goleiro Filipe. O problema é que o goleiro do Timão não estava debaixo das traves no momento do passe, que saiu forte demais e tomou as redes do Timão. O menino tinha entrado em campo apenas dois minutos antes e saiu cabisbaixo do gramado.

Gols sofridos fizeram o Timão perder marca de melhor campanha da primeira fase (Foto: Agência Corinthians)
Gols sofridos fizeram o Timão perder marca de melhor campanha da primeira fase (Foto: Agência Corinthians)
Foto: Lance!
Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade