3 eventos ao vivo
Logo do Palmeiras
Foto: terra

Palmeiras

Baptista chora ao lembrar dificuldades na carreira: 'ralei'

Técnico do Palmeiras citou os problemas no passado, em que sofreu até para pagar contas. Ele se vê pronto para o desafio no atual campeão brasileiro

19 fev 2017
13h27
atualizado às 14h23
  • separator
  • comentários

Eduardo Baptista chorou ao relembrar das dificuldades que teve no início de sua carreira. Ainda como preparador físico antes de trabalhar com seu pai, Nelsinho Baptista, o técnico do Palmeiras precisou da ajuda de sua família para pagar as contas. Ele não queria ficar marcado por ser o "filho do técnico famoso".

- Meu pai podia me dar o carrão do ano, um apartamento de quatro dormitórios em Campinas... mas eu tomei a decisão de ir buscar - disse Eduardo, em entrevista para a TV Globo.

- Em times menores, eu fiquei quatro, cinco meses sem receber. Dei conta de luz para minha mãe pagar (começa a chorar). Conta de telefone... meu pai era consagrado, mas não queria pedir para ele. Eu sou um pouco orgulhoso nisso. Eu vou buscar, eu vou vencer - acrescentou.

Depois do início com pouco dinheiro até para comer, Eduardo passou a trabalhar com o pai em 2003, no Flamengo. Depois de quase dez anos como preparador físico na comissão de Nelsinho, os dois se separaram, e o filho iniciou carreira como treinador no Sport, em 2014.

No Rubro-Negro, venceu um Pernambucano e uma Copa do Nordeste. Depois, teve uma passagem ruim pelo Fluminense e fez novo bom trabalho na Ponte Preta antes de chegar ao Verdão. Criticado após três jogos oficiais, o técnico do atual campeão brasileiro não tem se deixado abalar pelas críticas. Como já disse ao chegar, o comandante se sente preparado para o cargo que tem hoje.

- Posso olhar na cara de cada atleta e no olho dos caras. Ralei para estar aqui, eu me preparo e vamos trabalhar - completou.

Eduardo e o Palmeiras enfrentam neste domingo, às 17h, o Linense. Até agora, o técnico venceu duas partidas e perdeu outra no Campeonato Paulista.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade