0

Santos resolve pendências e renova contratos com dupla de laterais

22 set 2015
18h44
  • separator
  • comentários

Depois de renovar com Victor Ferraz e David Braz e se complicar para aumentar o vínculo de Thiago Maia, o Santos acertou duas novas ampliações de contrato com jogadores do seu atual elenco: do lateral-esquerdo Zeca e do lateral-direito Daniel Guedes. Os dois Meninos da Vila tiveram o salário dobrado em relação ao primeiro contrato profissional e ainda receberão aumentos gradativos até o fim dos prazos, em 2018 e 2019, respectivamente.

A renovação de Zeca tinha um complicador ainda maior: os empresários desejavam receber de volta 50% dos direitos econômicos que o Santos comprou e não pagou no ano passado, o último da gestão de Odílio Rodrigues na presidência do clube. Zeca tinha só 20% dos direitos presos ao Santos quando chegou, e o clube aceitou pagar R$ 750 mil por mais 50% dos empresários. Porém, a diretoria depositou apenas as três primeiras de 15 parcelas do acordo. Na negociação da renovação, as partes se acertaram em relação à dívida.

Com juros, a pendência do Peixe chegou a R$ 700 mil, já tirando aquilo que foi pago nas três primeiras parcelas. Em acordo com os empresários, o Santos se comprometeu a pagar o valor e manterá 70% dos direitos econômicos, como na configuração atual. Os outros 30% seguem com o representante do camisa 37 do Peixe, titular após a chegada de Dorival Júnior. O novo contrato de Zeca, por fim, será até 31 de dezembro de 2018.

Já Daniel Guedes renovou seu contrato no tempo máximo, e o vínculo que ia até o fim de 2016 será até fevereiro de 2019. A divisão de direitos não sofreu alterações nesta renovação: 10% do próprio jogador, 40% da empresa Airt Eventos, 25% do Santos e 25% do fundo Doyen Sports, que comprou a parcela no fim do ano passado. A operação de venda dos direitos de Daniel Guedes, porém, foi feita fora do prazo permitido pelo Estatuto Social do Santos para presidentes em fim de mandato. Por isso, o Santos tenta reaver os direitos do lateral-direito, além de Geuvânio, Alison e Gabigol.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade