0
Logo do São Paulo
Foto: terra

São Paulo

São Paulo já iguala número de vitórias como visitante de 2016

Ao derrotar o Cruzeiro na última quarta-feira, o Tricolor chegou a seis vitórias fora de casa em 2017, igualando a marca de toda a temporada passada. Motivação para domingo?

21 abr 2017
06h19
  • separator
  • comentários

A semana do São Paulo está sendo de decisões. Contra o Cruzeiro, apesar da eliminação da Copa do Brasil, o Tricolor saiu do Mineirão com uma vitória nas mãos, a sexta como visitante na temporada. Esse é um dos pontos positivos do trabalho de Rogério Ceni e serve como motivação para o jogo de domingo, contra o Corinthians, pela semifinal do Paulistão, já que durante todo o ano de 2016 foram apenas seis triunfos dos são-paulinos jogando longe de seus domínios.

O placar de 2 a 1 sobre a Raposa, em Belo Horizonte, igualou o retrospecto de seis vitórias fora de casa que o São Paulo acumulou no ano passado, algo que pesou e muito para as irregulares campanhas no Campeonato Paulista, na Copa Libertadores e, principalmente, no Brasileirão.

A primeira vitória como visitante do Tricolor em 2016 foi somente em maio, quando derrotou o Botafogo por 1 a 0, no Rio de Janeiro. Depois disso, venceu o Cruzeiro por 1 a 0, em junho, o Santa Cruz por 2 a 1, em agosto, o Fluminense por 2 a 1, em outubro, e o Atlético-MG, por 2 a 1, em dezembro, todas elas no Brasileirão.

Além dessas, o São Paulo venceu o Juventude, em setembro, pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, mas o resultado de 1 a 0 não foi suficiente para a classificação para as quartas da competição.

Enquanto isso, em 2017, no quinto mês do ano a equipe de Ceni já venceu seis vezes fora de casa. A primeira contra o Moto Club, por 1 a 0, pela Copa do Brasil, depois PSTC (4 a 2) e Cruzeiro (2 a 1), pela mesma competição. No Paulistão, as vítimas foram Santos (3 a 1), São Bernardo (1 a 0) e Linense (2 a 0), que apesar de jogar no Morumbi, tinha o mando de campo.

Neste ano, o aproveitamento do Tricolor como visitante é de 61,1% dos pontos disputados, com seis vitórias, quatro empates e duas derrotas. Já na temporada passada, o aproveitamento foi de apenas 29,5%, com seis vitórias, 16 empates e 13 derrotas. Foi o quarto pior entre os clubes da Série A no quesito.

Domingo, contra o Corinthians, o time de Rogério Ceni terá mais uma oportunidade de provar sua boa fase como visitante vencendo um adversário que nunca derrotou em sua Arena. O triunfo, porém, precisa ser por dois gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis ou por três ou mais tentos para definir a classificação no tempo normal.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade