1 evento ao vivo
Logo do São Paulo
Foto: terra

São Paulo

Titular da lateral no clássico, Wesley avisa: 'Tabu é para ser quebrado'

Com as ausências de Bruno e Buffarini, o polivalente meio-campista será o dono da lateral direita contra o Corinthians e projeta um jogo de xadrez para superar a defesa do rival

21 abr 2017
09h49
  • separator
  • comentários

A lesão de Wesley no joelho direito, às vésperas do jogo contra o Moto Club, o tirou de boa parte do início de trabalho de Rogério Ceni no São Paulo. No entanto, em sua volta ao time, já encara duas decisões pela frente. A primeira foi a partida de volta contra o Cruzeiro e, neste domingo, a segunda partida da semifinal do Paulistão, contra o Corinthians, time que o Tricolor nunca derrotou na nova Arena e sustenta longo período sem vencer em mata-matas.

- Isso é bom, se torna uma situação que pode ser revertida e, com certeza se a gente conseguir reverter, a gente vai ficar feliz pela classificação. Se é tabu, é para ser quebrado - avisou Wesley.

Sem Bruno, que não está inscrito no estadual, e Buffarini, lesionado, a lateral direita ficará a cargo do camisa 11, como fez desde o 20 minutos do primeiro tempo contra a Raposa, no Mineirão. A tarefa, porém, não incomoda o polivalente jogador.

- Eu me sinto feliz, por mais que eu tenha a minha preferência, eu já atuei em outras funções, tenho bastante força física, principalmente para o que o Rogério pede. Não tem problema algum, vou ajudar da melhor maneira possível - afirmou.

Experiente, como relatou na fala acima, Wesley sabe que o adversário, apesar de abalado pela eliminação da Copa do Brasil, não será páreo fácil para os são-paulinos e projeta um duelo de estratégias para domingo.

- O futebol dá a oportunidade de quem está em baixa reverter. O futebol é isso, é dinâmico, eles sabem da importância que é um clássico, vai ser um jogo muito duro, pegado, a gente sabe que a equipe deles é bem postada. Vão entrar para querer a classificação. Vai ser um jogo de xadrez para que a gente possa quebrar as linhas - refletiu.

Wesley também aproveitou para amenizar o impacto das polêmicas causadas pelo último clássico dentro do elenco do São Paulo. Para ele, o negócio é sanar o que é necessário e seguir em frente.

- A gente já está acostumado, como qualquer empresa, são muitas opiniões diferentes, aqui não é diferente, todos sabem que por mais que todos tenham a sua opinião, o importante é passar o corretivo o quanto antes e a gente precisa levar o São Paulo para o lugar que ele merece - finalizou.

O Tricolor entra em campo no próximo domingo, contra o Corinthians, na Arena, às 16h. Para levar a decisão para as cobranças de pênalti, o time de Rogério Ceni precisa vencer por dois gols de diferença. Caso a vantagem for por mais de dois gols, a vaga para a final será conquistada no tempo normal.

Wesley voltou de lesão há pouco tempo e encara duas decisões pela frente (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)
Wesley voltou de lesão há pouco tempo e encara duas decisões pela frente (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)
Foto: LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade