1 evento ao vivo

Vôlei: Clássico nacional agita Jeunesse Arena

Sofrendo com abandono e falta de eventos após a Rio-2016, o Parque Olímpico receberá a partida entre Rexona-Sesc e Vôlei Nestlé

2 mar 2017
15h15
atualizado às 16h58
  • separator
  • 0
  • comentários

Com poucos eventos desde a Rio-2016, o Parque Olímpico, que recebeu o Gigantes da Praia em fevereiro, será o palco do clássico nacional do vôlei feminino, Rexona-Sesc e Vôlei Nestlé, nesta sexta-feira, às 21h30, pela nona rodada da Superliga.

O confronto entre o líder e o vice-líder da competição será na Jeunesse Arena, antiga HSBC Arena, mesmo palco da final da Superliga feminina 2014/2015, onde o time cariosa superou o Osasco por 3 sets a 0, conquistou o décimo título do torneio e se despediu da levantadora Fofão.

- Quando Rexona-Sesc e Osasco jogam, é a grande rivalidade do voleibol moderno. Jogar contra uma equipe que tem uma das melhores levantadoras do mundo e que faz uma grande diferença em qualquer time, é muito difícil. Contam também com duas estrangeiras, a Tandara em grande forma e a Bia que, na minha opinião, é uma central de nível de seleção. A Natalia também está muito bem. A Dani é uma levantadora que faz as meios de rede jogarem. Vai ser um grande teste para esta reta final, antes do início dos playoffs. Tivemos uma derrota lá, em Osasco, então temos que jogar melhor se quisermos vencer - analisou o treinador das cariocas, Bernardinho.

O Rexona-Sesc treina há cinco dias no local da partida para entrar em quadra bem adaptado.

- Estamos nos ajustando ao ginásio. É uma ótima opção termos uma Arena, em outra localização, um belíssimo local, uma instalação moderna, que comporta um maior número de pessoas. Esperamos atrair mais público e apresentar um grande voleibol em uma grande arena - comenta o técnico.

No primeiro turno da Superliga, o Vôlei Nestlé tirou a invencibilidade do Rexona e espera conquistar mais um resultado positivo sobre o time carioca.

- A vitória do primeiro turno passou, já faz um tempo daquele jogo e depois tivemos várias outras vitórias e também derrotas. Temos de pensar que será outra partida difícil e na casa delas. O local é diferente, mas elas estão treinando lá desde segunda-feira, então só será novo para a nossa equipe. O Vôlei Nestlé vem de uma boa atuação diante do Dentil/Praia Clube e precisa colocar como referência essa partida. Estamos jogando muito bem como mandante e oscilando fora de casa, por isso, estamos treinando bastante para melhorar neste aspecto. Será importante entrarmos determinadas, focadas e acreditando que temos condições de ganhar - comenta a levantadora do time paulista, Dani Lins.

Esse confronto foi disputado 81 vezes na história da Superliga e a equipe carioca leva vantagem com 46 vitórias contra 35. Nos últimos 23 jogos pela competição nacional, o Rio de Janeiro soma 13 vitórias contra 10 de Osasco. Somando todos os campeonatos, de 2009 para cá, o time paulista está em desvantagem de 15 a 11. Esses são os clubes mais vitoriosos do vôlei brasileiro. São 11 títulos de Superliga e 4 Sul-Americanos pelo lado do Rexona-Sesc. Já o Vôlei Nestlé soma cinco conquistas de Superliga, é tetracampeã Sul-Americana e campeã do Mundial de Clubes, em Doha-2012.

Outros jogos da rodada

Além de Rexona-Sesc e Vôlei Nestlé, a nona rodada do segundo turno terá outros quatro jogos realizados nesta sexta-feira. Os primeiros serão às 19h30: São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) x Sesi-SP, no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano (SP), e Gente Vôlei Bauru (SP) x Rio do Sul (SC), no Panela de Pressão, em Bauru (SP).

Às 20h, o Fluminense (RJ) receberá o Pinheiros (SP) no ginásio do Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ), e às 20h30, Renata Valinhos/Country (SP) e Terracap/BRB/Brasília (DF) se enfrentarão no Pedro Ezequiel da Silva, em Valinhos (SP).

E, neste sábado, um duelo mineiro em quadra: Dentil/Praia Clube (MG) x Camponesa/Minas (MG), às 14h10, no Praia, em Uberlândia (MG), com transmissão ao vivo da RedeTV.

Em maio, a Jeunesse Arena receberá o Mid-Season Invitational (MSI)(Foto: Gabriel Heusi/Brasil2016.gov.br)
Em maio, a Jeunesse Arena receberá o Mid-Season Invitational (MSI)(Foto: Gabriel Heusi/Brasil2016.gov.br)
Foto: Lance!
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade